terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Deu M** na reunião sobre as tarifas de ônibus e metrô. E o povo “óóó...”


Como já havíamos antecipado, a reunião entre o Presidente da Câmara Legislativa, membros da Mesa Diretora e o governador Rodrigo Rollemberg não poderia acabar bem.

Pressionados pela população, tanto um lado como o outro foram buscar suas justificativas para poderem sair bem na fita. Deu pra trás! Ninguém abriu mão de suas convicções e a primeira batalha dessa que poderá ser uma difícil guerra está apenas começando.

Rollemberg até que tentou “facilitar” as coisas abrindo mão de R$ 0,50 centavos nas tarifas de longa distância do metrô, mas somente se a Câmara desse subsídio para as passagens. Os deputados não abriram mão da suspensão dos aumentos na sua totalidade e de novos estudos que justifiquem o impacto no bolso da população, principalmente a mais carente que depende do salário mínimo. “Não vamos permitir que a Casa seja alvo de chantagens desse governador”, disse Raimundo Ribeiro aos jornalistas.

Participaram da reunião o presidente da Câmara, Joe Valle (PDT) além dos deputados Julio Cesar (PRB), Raimundo Ribeiro (PPS), terceiro-secretário, Wasny de Roure (PT), Chico Leite (Rede), Wellington Luiz (PMDB), vice-presidente, e Rodrigo Delmasso (PTN). Alguns saíram antes mesmo da reunião acabar.

O resumo da ópera é que o Presidente da Câmara deverá convocar os distritais extraordinariamente para tratar do assunto e, se possível, vetar o aumento ainda essa semana. Por outro lado, o governador Rollemberg disse que se isso acontecer acionará a justiça para que se mantenha o que já foi decidido, publicado e executado já a partir de hoje.

Em quanto isso não acontece, a população vai pagando o pato pelas besteiras que tanto o governo como a câmara protagonizam e só lhes causam prejuízos. Todos sabem que a maioria dos distritais estão de férias e longe da capital, porém a sociedade não perdoará a omissão e ausência de nenhum deles no momento em que a voz do povo, por eles representada, precisa ecoar.

Será que correrão esse risco a dois anos das eleições e com uma população medindo-os com olhos clínicos? Vamos aguardar...

Da redação,

Por Poliglota... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com