domingo, 10 de janeiro de 2016

OPERAÇÃO TARTARUGA: Para tapar a incompetência GDF paga matéria para jogar a população contra a polícia

Hoje (10) 0 Correio Braziliense publicou uma matéria acerca da Operação Tartaruga desencadeada em dezembro passado por policiais militares em função da não redução dos interstícios (tempo que o policial aguarda na graduação ou posto para ser promovido) para as promoções de dezembro/2015.

Trata-se de uma matéria puramente tendenciosa, mal redigida e apurada, falta de conhecimento dos problemas da classe e demonstrando total falta de imparcialidade em seu contexto e, pior, buscando evidenciar o lado POLÍTICO do movimento. Evidente que para o governo, verdadeiro causador de toda essa celeuma, a matéria traz resultados positivos, pois joga a opinião pública contra a polícia escondendo as verdadeiras razões que levaram os policiais a radicalizarem: A falta de gestão e competência do governo Rolemberg!

Desde os primórdios da campanha de Rolemberg a governador que ele prometia a valorização da classe com as promoções e um novo Plano de Carreira, Veja o vídeo. Assumindo a cadeira, o governador simplesmente deixou os policiais à míngua. Não os promoveu em agosto e muito menos em dezembro, prejudicando mais de 1500 policiais militares, muitos inclusive aguardando a tão sonhada promoção para irem para a reserva remunerada (aposentadoria) e não encaminhou nenhum Plano de Carreira, descumprindo sua palavra, mais uma vez.

A justificativa dada por Rolemberg de que promovendo os policiais iria ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal tornou-se motivo de piada dentro das casernas. Chegaram a comentar que o governador e sua assessoria não conheciam sequer a legislação. Nossos recursos são oriundos do Fundo Constitucional e, segundo a Lei, essas despesas não são computadas para efeitos de inclusão na LRF. Uma “recomendação verbal” da Procuradora Geral do DF, Drª Paola, foi o suficiente para Rolemberg tomara decisão de não promover os policiais.

Mas voltando a matéria, diz o texto que a Corregedoria da Polícia Militar está atrás dos protagonistas da decretação da Operação Tartaruga com o objetivo de puní-los disciplinarmente, até mesmo com a perda dos cargos e funções.

São investigados o sargento Lusimar Torres Arruda, o Jabá (condenado a 2 anos e 7 meses de reclusão por incitação e crítica indevida); o subtenente Edson Ricardo Isaías, o Pato (o qual já foi solicitado sua exclusão em Conselho de Disciplina); o cabo Eliomar Rodrigues; o sargento Janio Farias Marques, o Guarda Jânio; a sargento Angélica Machado; e o coronel Néviton Pereira Júnior, exonerado em 23 de dezembro do cargo de diretor de Inativos, Pensionistas e Civis do Departamento de Gestão de Pessoal, seis dias depois de assembleia realizada na Praça do Relógio.

Mas o interessante é que o Jornal se atentou em mostrar os fatos acontecidos na primeira Operação Tartaruga (que levou o caos o Distrito Federal em 2013) e as atitudes do comando e governo com a atual edição da nova Operação Tartaruga. Não frisaram, por exemplo, que a tropa vem tentando um diálogo com o governo a meses que antecediam as promoções de agosto e dezembro, sem no entanto terem a devida atenção do governador Rolemberg. Além disso deixaram de citar a situação do Plano de Saúde dos policiais e dependentes que está um verdadeiro caos.

A reunião acontecida no dia 16 de dezembro, o qual a matéria do jornal cita, um dia antes da decretação da Operação Tartaruga, só foi possível porque a Presidente da CLDF, Celina Leão e o Deputado Federal Alberto Fraga intercederam diretamente junto ao governador para que ela acontecesse, fato esse presenciado por mim como vice-presidente do DEM-DF e pelo grupo político de Fraga, que estamos trabalhando nos bastidores para solucionar as demandas da classe.

Já na reunião, o que se viu foi um monólogo onde somente o governador e os deputados aliados da base governistas se pronunciaram, sem, no entanto, pressionarem o governador para resolver a situação. O deputado Fraga, conhecido pelo seu discurso forte, foi cético nas suas cobranças e alertou ao governador que a PMDF tinha sido execrada no governo Agnelo e que isso não iria acontecer novamente. (Clique Aqui)

Na verdade senhores leitores e colegas, o que estamos presenciando é uma nova edição do governo Agnelo Queiroz em relação à Polícia Militar. Não há vontade política, não há representação, não há união da classe e estamos seriamente caminhando para um abismo sem fim.

Bom, quanto aos índices de criminalidade, esses ninguém melhor para demonstrar as estatísticas do que a própria imprensa, basta ler e assistir a qualquer jornal local que os números representam a real situação da segurança pública de Brasília. Afinal, são valores “consideráveis” de verbas publicitárias, principalmente ao Correio Braziliense e CorreioWeb (Veja os valores) DODF de 07/01

Agência
Subcontratado
Valor
Propeg Comunicação S/A - 05.428.409/0003-99
Correioweb
R$ 4.028,03
Propeg Comunicação S/A - 05.428.409/0003-99
Site correioweb.com.br
R$ 52.884,36

Propeg Comunicação S/A - 05.428.409/0003-99
Correio Braziliense
R$ 156.859,45
Agnelo Pacheco Criação e Propaganda Ltda. - 54.779.343/0001-25
Correio Braziliense
R$ 188.510,73

CCA Comunicação e Propaganda Ltda. - 04.241.496/0001-46
Correio Braziliense
R$ 241.088,58
Propeg Comunicação S/A - 05.428.409/0003-99
Correio Braziliense
R$ 228.209,05
CCA Comunicação e Propaganda Ltda. - 04.241.496/0001-46
Correio Braziliense
R$ 1 8 7.115, 4 7

Total em verbas publicitárias
R$ 1.058.695,67

Por Poliglota...


Clique Aqui e veja a matéria do Correio Braziliense na íntegra

24 comentários:

  1. NÃO CUSTA NADA NÓS ARROCHAR MAIS OU SEJA FIRMAR MAIS NA TARTARUGA, POIS SEM NADA FAZEMOS NADA E ESSA INCOMPETÊNCIA VAI CUSTAR CARO NAS ELEIÇÕES, ANGULO SABE, JÁ COMEÇAMOS NA RUA A QUEIMA-LO ATE AS URNAS.

    ResponderExcluir
  2. MUITO BOA POLIGLOTA A POST. JÁ TINHA LIDO E SENDO ASSIM ESTANDO DE SERVIÇO SÓ CUMPRINDO MESMO O HORÁRIO

    ResponderExcluir
  3. Estamos de serviço hoje e lendo essa merda de materia a revolta foi geral na hora, com todas as equipes, trabalhar forçado é dificil só faz de conta para mostrar a população nas eleições ele vera.

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus! Não sabia que era tanto dinheiro que este governadorzinho estava destinando a tais mídias, não são de papel como televisão e internet. E um absurdo!
    Se formos fazer uma conta por baixo tal recuso desviado, isso mesmo desviado de outros serviços essenciais, ficamos mais espantados! Pois só podemos concluir que a prioridade deste governadorzinho não é saúde, educação ou tão pouco segurança.
    Vamos lá? Se pegarmos es te valor repassado ao correio podemos supor que ele mensalmente recebeu 88 mil. Ou seja, com este mesmo valor poderíamos manter...
    18 praças (sd) ou,
    10 agentes (pc) ou,
    25 técnicos (saúde) ou,
    19 professores ou,
    6 médicos é etc...
    Resumindo, com o mesmo repasse o.governador deixa de manter qualquer um destes serviços cruciais para o DF!
    E depois vem com a falácia de que estamos sem dinheiro? Oras! Será? Pra mim isso só faz lembrar aquela premissa de que tudo aos amigos do rei e nada ao povo!
    Detalhe, agora se pegarmos o valor global do que o DF na gestão deste governadorzinho gastou no último ano, podemos concluir que podemos multiplicar estes números em no mínimo 10x! Ou seja:
    180 praças (sd)
    100 agentes (pc)
    250 técnicos (saúde)
    190 professores
    60 médicos e etc...

    Então governador qual é sua prioridade?


    ISSO É FATO

    ResponderExcluir
  5. Lembrando que a repórter Isa Stacciarini é a mesma repórter que denunciou os PMs trafegando sem o cinto de segurança. Lembram? Nenhum paisano vai ficar do lado dos praças, nenhum, a não ser nós mesmos. Depois dessa reportagem, o que se espera é uma Operação Legalidade em maior proporção do que a anterior. Eles nos provocam como se fossemos frouxos, uns merdas. Não temos que esperar até Abril coisa alguma, temos é que mostrar pra eles que somos livres e que vivemos num país democrático. Não somos escravos, somos concursados, não dependemos de FDP algum para adentrar na Corporação. Podemos estar desanimados, um pouco desunidos, mas sei que quando nos provocam e queremos fazer algo, nossa união é maior do que qualquer sindicato no DF. Vamos mostrar força! nossas famílias dependem de uma vida melhor. As outras categorias estão nadando de braçada, somente a PM, em especial os Praças, estão se ferrando. É humilhante ver um colega esperando 10, 15, 20 anos ser promovido para ganhar 150 reais. É humilhante ver um sub tenente com 30 anos, esmolando promoção, na esperança de ter somente uma estrelinha no ombro e um aumentinho melhorado visando poder proporcionar uma vida melhor para sua família, enquanto que na Academia da PMDF, a pessoa mal entra, e após 8 anos, já é capitão ganhando seus mais de 12 mil reais. Um absurdo! o que se espera é que tenhamos culhão para enfrentar esse sistema covarde, vil, podre, formado pela mídia, justiça, oficiais. Façamos nossa parte! Se não querem nos respeitar numa boa, que seja de outra forma, PELA LEGALIDADE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ae colega das 20:20 parabéns pelo comentário.

      Excluir
    2. concordo ,é chegada a hora de nos unirmos mais e mais .é vergonhoso como somos tratados por governos ,sociedade e comandos ,operação legalidade neles,se querem punir os colegas por um direito constitucional de reivindicar vamos mostrar para eles que estamos unidos,fui.

      Excluir
    3. Quando a liberdade explode no coração do homem, nada podem os deuses contra ele. Vamos firmar na tartaruga! Vamos cobrar a entrada única e a redução pra 06 patentes. Subsídio e o fim do interstício. Fim do RDE. As praças que mantém esse sistema injusto com o seu trabalho! Vamos mudar e exigir direitos! Chega de sermos tratados como escravos!

      Excluir
  6. A palavra de oficiais gratificados, socialistas, comunistas e fascistas não vale nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mundo dá voltas mesmo! Outros tempos, o coitado do Roriz foi taxado de ditador. O Arruda de traíra. O Agnelo de comunista frouxo. Agora é a vez do inexperiente Rollemberg. Nosso problema não são estes caras que alternam no poder. Nosso problema é a falta de união, sensatez, coesão, humildade, inteligência, esperteza, etc. E por que? Porque sempre as coisas são assim. Não elegemos ninguém. Quando elegemos, não presta. E se presta, mas a frente, não presta. E vivemos esta eterna ladainha. Quero só ver em 2018!

      Excluir
    2. O problema não é união ou desunião. Isso ajuda, mas a explicação é mais simples que parece.
      O problema é que pra dar qualquer aumento pra PMDF/CMBDF é muito dinheiro envolvido.
      O Detran teve aumento que mais que dobrou o salario deles, sabe qual impacto disso no GDF, quase nenhum.
      A PMDF/CBMDF pra ter 100 reais de aumento gasta muito mais que o Detran pra dobrar o salario.
      Não estou justificando nem defendendo o salario do Detran ou o da PM, mas sempre existiu e sempre vai existir uma máxima no serviço publico - Carreiras com grande numero de servidores terão o salario menor que carreiras com pouco numero de servidores. Claro que existem exceções, mas são pontuais.

      Excluir
    3. Então anônimo das 21:43... a PM é paga através do Fundo Constitucional. Nossa ligação é com o Governo Federal. O Detran é pago com recursos do GDF. Sacou? Essa desculpinha de impactar a folha seria válido se nossos salários fossem pagos com o orçamento do DF, mas não é. 'Morô'?

      Excluir
    4. Eu sei que é pago pelo fundo constitucional, mas sem entrar no mérito de percentuais e como deveria ser. Sabemos que o fundo constitucional também tem a função de "auxiliar" a educação e saúde. Portanto se for direcionado mais dinheiro para a segurança o GDF terá que destinar mais dinheiro próprio para manter as citadas áreas, o que indiretamente aumentará o gastos da LRF e etc. Como disse, sei que não justifica, mas é uma bola de neve, que no fim é e vai ser analisada de forma conjunta por qualquer governador atual ou futuro.

      E reiterando a ideia anteriormente exposta, sei que muitos não concordam, vão achar que não justifica etc. mas como já dito, carreiras com grande numero de servidores, em regra, não vão ganhar o mesmo que carreiras pequenas, independente de atribuições. Imagina se existissem 30 mil juízes no DF, acha que eles ganhariam 30 mil? Obviamente que não.

      Claro que isso tudo não pode ser resumido nisso, mas tenho certeza que esse é um dos principais fatores que são levados em consideração pelos gestores, não só de brasília e do brasil, mas de qualquer lugar do mundo.

      Excluir
  7. Senhor Poliglota
    Sou um leitor assíduo de seu blog, até porque tenho parentes na polícia militar. Já li muitas matérias suas e muito bem feitas, de críticas à cobranças sempre com uma postura sóbria e sensata. Hoje o senhor deu a maior lição nessa mídia vendida, parcial e movida a dinheiro de que o jornalismo sério não deve ser banalizado por conta de determinados segmentos sem compromissos de levar a verdade a sociedade através da informação. Sua percepção na matéria publicada pelo jornal Correio Braziliense foi perfeita e acabou por desmascarar a máfia consumista de verbas públicas. Governos gastam mais com verbas publicitárias do que com saúde, segurança e educação. Um comentário de um leitor acima retrata o que se poderia fazer com mais de 1 milhão de reais se empregados nas necessidades da população. Percebi e o senhor também deve ter feito isso que a intenção dessa matéria foi exclusivamente jogar a população contra os policiais escondendo os erros do governo. Só que não perceberam que a informação hoje é fracionada em milésimos de segundos e que sempre tem alguém atento a tudo que está acontecendo. Passaram a imagem de mentirosos e servos de governos, preocupados somente com seus mercados financeiros, suas produções e seus lucros. Por isso gostaria de parabenizar ao senhor e desejar que continue a fazer esse jornalismo sério e comprometido com a verdade para sua polícia militar. Desejo-lhe boa sorte e saiba que se antes tinha razões para ler seu blog agora tenho muito mais.
    LUIZ ALCANTARA WEGTHER SILLAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU DEUS!! O trem é muito pior do que imaginamos. Vamos lá o que diz o no DODF:
      "no uso das atribuições regimentais, considerando a Portaria nº 01, de 08 de janeiro de 2015
      e em cumprimento ao disposto no artigo 22, § 2º da Lei Orgânica do Distrito Federal; na Lei
      nº 3.184, de 29 de agosto de 2003 e artigo 16 da Lei nº 12.232, de 29 de abril de 2010, torna
      público os gastos efetivos com publicidade de utilidade pública e de interesse institucional,
      realizados no quarto trimestre de 2015"
      Ou seja, o valor não é referente apenas ao ano de 2015 e sim exclusivamente ao 4º trimestre!
      MEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEU DEUS!!
      Alguém tem noção disso?? Só o CW e o CB receberam mais de 1 milhão no 4º trimestre do ano passado.
      Alguém sabe dizer o que significa a palavra "trimestre"??
      Vamos lá...
      Link1: https://pt.wikipedia.org/wiki/Trimestre
      Link2: http://www.dicio.com.br/trimestre/
      Pois bem, podemos concluir que quando alguém fala em "trimestre" está se referindo a um período de 3 meses. Sendo assim, quando ele cita o "4º trimestre" podemos concluir novamente que a ideia é restringir o período nos últimos 3 meses do ano. Ou seja, tal publicação do DODF em que são listados os gastos de "recursos públicos" para estas mídias se refere aos meses de Outubro a Dezembro do ano passado.
      Então, alguém conseguiu entender??
      Vamos explicar novamente!! Imagina você só em 3 meses receber 1 milhão de repasses públicos para fazer estas noticias compradas. Pensarão?? Agora imagina o mesmo milhão sendo repassado a cada 3 meses para os órgãos de utilização pública. Pensarão?? Pois bem, agora é só multiplicar!! 1 milhão por 4 e chegamos ao gasto de 4 milhões ao ano (no mínimo) sendo repassados só pra o CB e CW.
      Sendo assim, podemos novamente realizar a continha simples...
      Se com 1 milhão podíamos contratar x funcionários?? Imagina com 4 milhões!!
      Vamos aos números?? 4 milhões ao ano equivalem a 333 mil ao mês, logo podemos afirmar que podemos no mínimo multiplicar em 4x o que já tinha dito lá em cima:
      72 praças (sd) ou,
      40 agentes (pc) ou,
      100 técnicos (saúde) ou,
      76 professores ou,
      36 médicos é etc...

      GOVERNADOR, VOCÊ ESTÁ LITERALMENTE ACABANDO COM O DF! E PIOR, DEIXANDO CLARO QUAL É A SUA PRIORIDADE.

      ISSO É FATO

      Excluir
  8. Esta é hora de ninguém fornecer nenhuma entrevista à imprensa hipócrita.

    ResponderExcluir
  9. Os Charlies ganharam auxilio colete e aumento no auxílio alimentação anos passado, e nós ganhamos EXTRAS e ficamos sem HOSPITAL, ai muitos pensam: Ta tudo bem, nos também recebemos essas mesmas gratificações. Esse ano eles ja se reuniram na calada com o governador que até o fim do ano deve conceder mais alguma coisa, e aí nós vamos pensar do mesmo jeito que no ano passado: Tá tudo bem, foi o sindicato deles, não foram eles que conseguiram, e iremos passar esse ano sem Hospital e se brincar sem a parcela final do auxílio-moradia em setembro, o governo federal acenou com um percentual aos servidores e NADA de governador se pronunciar se iremos receber, nem dep. Fraga denunciar publicamente que temos sim direito a esse aumento, e vai acabar esse governo meia tigela, sem cérebro, sem pai nem mãe, que não pensa, não anda, mas enfim vive.

    ResponderExcluir
  10. Tenente poliglota, boa tarde!

    A PCDF se reuniu nesta última semana com o GDF para que este apoiasse a negociação entre a PCDF e o MPOG para que recebam o reajuste percentual em decorrencia da inflação. O que a PMDF fará para que consigamos negociar tal reajuste com o MPOG? Por favor, não deixe essa chance escapar e nos ajude!

    Grato

    ResponderExcluir
  11. voltando de um passeio vejo uma matéria desse de um jornalzinho sem vergonha que nao serve nem para limpar minha bunda, pago por esse governo sem noção, ainda tem pm que entrevista a esse jornal sem vergonha .

    ResponderExcluir
  12. Hoje uma das lojas mais ricas de Brasília foi assaltada. Teve tiroteio e tufo mais. Primeira vez que foi assaltada. Começou a atingir os amiguinhos ricos desse governo burguês. Operação Legalidade, avante, até o Plano de Carreira sair da gaveta.

    ResponderExcluir
  13. Cara, na boa? Tamu F...

    ResponderExcluir
  14. Recebi pelo zap zap uma tabela segundo informações que é oriunda da policia civil, com os valores de reajuste de 3600 reais para os PC, dividida em três parcelas 2016, 2017 e 2018, se for real esse reajuste será um tapa na cara dos PMS, pois a choradeira que não tem dinheiro para liberar uma redução para a promoção tendo as vagas agora aparece isso se for verdade, legalidade JÁ.

    ResponderExcluir
  15. Ouvi também que vai equiparar a civil do Df, Agente e escrivão com a Polícia Federal em torno de 12 mil Inicial.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com