sexta-feira, 13 de março de 2015

Policiais Militares: A realidade ignorada por todos

Esse texto foi publicado ano passado pelo Cmt Geral da PMSP, mais precisamente em novembro, e passados 3 meses a realidade está se consumando a cada dia.

Fico triste de ver a imprensa, membros do Ministério público de São Paulo ou as famigeradas ONG`s tentarem convencer o povo brasileiro de que a Polícia Militar é truculenta e culpada das atrocidades que acontecem neste momento no Estado de São Paulo. Eu não sei que interesse existe por trás dessas instituições que defendem os Direitos Humanos no Brasil. Para mim e, por incrível que pareça, para a grande maioria das pessoas que conheço, não somente os policiais, essas instituições só servem pra defender bandido (todo mundo sabe disso). Nesses quase 15 anos de labuta perdi diversos amigos nessa árdua missão de policial. Alguns deles foram mortos de maneira cruel e covarde. Nunca vi um representante sequer desses defensores dos direitos humanos apoiando familiares desses policiais. Da mesma maneira, nunca encontrei um indivíduo desses na casa de um pobre que fora roubado ou de uma senhora que fora estuprada.

Sabe o que mais me preocupa? É que esses grupos estão conseguindo o que desejam. Estão conseguindo frear os bons policiais. Por que no serviço de polícia somente erra quem trabalha e quem trabalha são os bons. Consequentemente, são eles que sofrem perseguição por parte desses grupos... Quem perde com recuo dos bons policiais? O cidadão. Prender bandido hoje é algo que não vale a pena, senão vejamos:

     - O policial não ganha por produção. Tanto faz ele prender 100 bandidos por mês como não prender nenhum. O salário que ele recebe é o mesmo! Se o policial prender 10 bandidos por mês, serão 10 audiências em que ele terá que comparecer ao Fórum da cidade para ser ouvido pelo juiz. Isso geralmente acontece na folga do policial. Isto é, prender bandido significa folgar menos;

     - Por qualquer motivo, se durante a ocorrência o policial cometer algum excesso, ou alguém se achar ofendido e for à corregedoria, o policial vai ter que responder a processo disciplinar. E adivinha quem paga o advogado? Claro, o policial. Isto é, prender bandido significa ônus financeiro.
     - Se por algum motivo durante a ocorrência o policial se ferir ou se acidentar, ele será afastado e as custas do tratamento serão todas por conta dele. Olha aí a prisão doendo no bolso mais uma vez!

    - Se durante uma ocorrência o policial matar um bandido, por pior que seja o infrator, o policial vai responder a um processo judicial. Adivinha mais uma vez quem paga o advogado?

É por essas e por outras que hoje a gente não vê mais os policiais trabalhando com tanta vontade. Os bons policiais que conheci durante a minha vida profissional estão todos se afastando do serviço operacional. Todos com medo de perder o emprego, todos postos contra a parede, todos trabalhando sob pressão. O resultado disso é que o bandido agora tá com "pescoço grosso". Não teme a justiça por ela ser muito branda (já abordei bandido respondendo a 7 homicídios, solto por concessão da justiça). Não teme o cidadão por que sabe que ele está desarmado (a lei não permite que o cidadão conduza arma para se defender) e não teme mais a polícia por que ela está de mãos atadas. Que maravilha ser bandido no Brasil!

A Polícia Militar do Estado de São Paulo, de maneira muito aguerrida e heroica, decidiu, apesar da falta de apoio da imprensa, apesar da benevolência das leis em relação aos bandidos, apesar da pressão dessas pústulas que se instalaram no Brasil denominadas ONG`s, das instituições de direitos humanos e dos baixos salários (a PM de São Paulo é uma das mais mal pagas do país), partir pra cima da bandidagem.

A PMESP diminuiu índices de criminalidade e reduziu os números de ocorrências de maneira drástica. Desarticulou diversas quadrilhas de traficantes e colocou na cadeia ou no cemitério diversos líderes do PCC. Resultado: Em represália à legítima ação policial, o crime organizado começou a matar policiais. A maioria deles de folga ou já aposentados. A PMESP de maneira destemida não recuou e continuou realizando seu trabalho de maneira brilhante. O resultado foram bandidos presos e aqueles que não se renderam e reagiram no momento da abordagem, naturalmente mortos. Daí aparece um promotorzinho (que fosse um brinquedo seria o "teoricozinho da Estrela"), junto com essas imprensa covarde, vendida, tentar convencer a população de que a polícia é truculenta e que a Polícia Militar tem que ser extinta.

Nobres amigos, vou lhes falar com toda sinceridade. A única instituição que resta neste país ainda capaz de trazer de volta a ordem se chama polícia militar. Mas ela está sendo minada, acuada, desvalorizada, destruída pouco a pouco... A quem interessa uma polícia fraca? A quem interessa leis benevolentes? Quem realmente são esses que defendem os direitos humanos e quais os seus reais interesses?

Vou guardar esta mensagem e pedir que Deus me dê a oportunidade de ainda estar vivo para ver o dia em que, sem ter mais a quem recorrer e cansada de tanta violência, de tanta injustiça e de tanta barbárie, o povo deste país nos dê valor. Esta mensagem será testemunha de que nós que hoje lutamos tínhamos razão.

Aos amigos integrantes da PMESP, a quem também encaminho cópia desta mensagem, envio as minhas condolências em razão dos companheiros mortos. Ver o vosso comandante defender a PMESP e seus integrantes me enche de orgulho e me faz voltar a sentir um imenso desvanecimento por ser policial militar. Me dá vontade de vestir o vosso uniforme e combater ao vosso lado!

Saudações militares!!!

Transcrito por
Pedro Hawlison Alves Freire - CAP QOPM
Polícia Militar do Ceará
Mat. 125.369-1-7

4 comentários:

  1. A MAIS PURA REALIDADE, O POLICIAL FALOU TUDO, CONFESSO UMA COISA ESTOU RECORRENDO A CALMANTES PRA ANSIEDADE, TENDO EM VISTA ME FALTAREM 11 MESES PRA RR, PRA ME LIVRAR DE TUDO ISSO AÍ QUE FOI FALADO PELO POLICIAL, TEM POLICIAIS QUE NÃO ESTÃO NEM AÍ, MAIS EU ME SINTO INDIGNADO.

    ResponderExcluir
  2. Sem sombra de dúvida, é muito dignificante, ver um comandante assumir seu papel de fato!!!! Não apenas com RDE no bolso, mas, com honra, defendendo seus subordinados e a instituição de forma inteligente, corajosa, apartidária, séria, direta e verdadeira!!!! Isto é cumprir com o papel de "chefe da família"!!! Perceberam???? Da família!!!!! Sucesso e respeito a mais este verdadeiro comandante, esteja onde estiver. Pelo Brasil a fora, diversos chefes militares continuam com brio e honra, defendendo seus companheiros de trabalho e suas "casas". Com isto, ao menos um pouco de valor, respeito e estímulo, voltam a brilhar nos olhos destes guerreiros. Gostaria de ver um dia, da mesma forma, caso seja necessário, "alguém" que possa, nos defender assim por aqui. Abraços e respeito a todos.
    Sgt Pedro

    ResponderExcluir
  3. COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA APROVA PROJETO DE LEI QUE EXTINGUE AS PENAS RESTRITIVAS DE LIBERDADE PARA POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES.

    Justiça

    COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA APROVA PROJETO DE LEI QUE EXTINGUE AS PNEAS RESTRITIVAS DE LIBERDADE PARA POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES.

    A comissão de Segurança Pública aprovou hoje (12/03), por unaminidade, o relatório do Projeto de Lei 7.645/2014 (PL) , que extingue as penas restritivas de liberdade para as faltas disciplinares das polícias e corpos de bombeiros militares. O PL é de autoria do deputado Subtenente Gonzaga e o relator da comissão é o deputado Lincoln Portela.

    A ASSOFBM, representada pelo presidente CEL ABOUD , e demais instituições representantes da Segurança Pública do Distrito Federal e Estados acompanharam desde ontem o debate e hoje a votação do PL.

    Segundo o deputado Gonzaga, o PL representa a síntese de opinião de todas as entidades representativas dos militares estaduais do Brasil e tem o objetivo de dar cidadania e dignidade aos policiais e bombeiros. O deputado também lembrou que o projeto foi aprovado como recomendação do Conselho Nacional de Segurança Pública.

    O trabalho na corporação militar depende muito da amizade entre praças e oficiais”. “Os militares da PM e Corpo de Bombeiros precisam ser tratados com dignidade”, destacou.

    Na mesma linha , o Cel Aboud defende que a medida ajuda a pacificar as relações entre praças e oficiais nos quartéis e dá mais condição de o profissional trabalhar em prol do cidadão. “O trabalho na corporação militar depende muito da amizade entre praças e oficiais”. “Os militares da PM e Corpo de Bombeiros precisam ser tratados com dignidade”, destacou.

    Pela proposta, os Estados terão prazo de 12 meses para aprevarem, por meio de lei específica, um Código de Ética e Disciplina para as polícias e os corpos de bombeiros militares, proibindo a pena de restrição de liberdade nos casos de faltas disciplinares.

    Além disso, a portaria Interministerial nº 2/2010, que estabelece as diretrizes Nacionais de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos dos Profissionais de Segurança Pública, sugere: “Erradicar todas as formas de punição envolvendo maus tratos, tratamento cruel, desumano ou degradante contra os profissionais de segurança pública, tanto no cotidiano funcional como em treinamento.”

    Após ser aprovado pela Comissão de Segurança Pública, o PL agora será encaminhado para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    Fonte: ASSOFBM

    Sgt Pedro

    ResponderExcluir
  4. O din din das medalhas ajudaria e muito as familias dos PMs mortos em defesa da sociedade injusta que defendemos.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com