segunda-feira, 2 de março de 2015

Policiais Militares e agentes do Detran estão em clima de guerra


Parece que esse final de semana foi pra lá de polêmico, o blog recebeu informações de que o clima não está nada bom entre os Policiais Militares e os agentes "novinhos" do Detran-DF.  

O ponto da discussão é que os agentes do Detran estão abordando os PMs de forma desastrada. Tivemos relatos de que agentes de trânsito sacaram as suas armas em direção aos policias em uma abordagem. O depoimento do policial está em poder do blog. Aliás, o porte de armas dos agentes do Detran é outro ponto de discussão. 

A Secretaria de Segurança precisa ficar atenta a essa animosidade entre alguns agentes do Detran e os policiais militares, a coisa está só piorando. Nas redes sociais, a situação já está insustentável. PMs prometem endurecer o jogo caso haja outras abordagens abusivas. 

A verdade é que se nada for feito uma tragédia pode acontecer. Recado dado. 


Fonte: Redação Blog Radio Corredor

71 comentários:

  1. o porte de armas concedido aos agentes do detran e ilegal,somente poderia ser concedido pela União,a quem compete legislar sobre a materia,mas este assunto esta sob ADIN e o que causa estranheza e o fato de não ter sido julgada ate agora,sera que o tribunal de justiça vai esperar uma tragedia para apos isso se pronunciar? mas o porte nada tem a ver com a legalidade do armamento por eles utilizado,ao que me conste o orgão de transito não comprou armas e assim sendo como os agentes as conseguiram? sera que são legais?dizem,e eu ainda não vi,que alguns estão uzando pistolas ponto 40,neste caso posso afirmar que se tal fato estiver ocorrendo o armamento e ilegal,pois tal calibre e de uso restrito e deve ser autorizado pelo comando do exercito,o que eu duvido muito que tenha sido.talvez algum ex policial militar agora agente,mas a arma continua ilegal,pois a arma quando teria sido adquirida era autorizada para um policial militar e não para um agente de transito,imagine se um ex policial militar apos sair da corporação se torna vigilante,podera continuar a utilizar tal calibre,logico que não.então usem o mecanismo que tem em mãos,não questionem o porte,mas a documentação da arma,simples assim.cel damasceno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou do Detran da área administrativa e esses agentes novinhos são muitos folgados. Eu vejo a camaradagem da pm com o administrativo do detran enquanto a gente do mesmo orgão se acham superiores. Já teve um fh d put desses q me multou, enquanto a pm ja foi muito gentil comigo.

      Excluir
  2. Repassando... Mais uma do DETRAN-DF. "Como não gosto de confusão eu ia acabar ficando calado, mas aproveitando a situação do Sd do GTop do 2º BPM, vou relatar o que aconteceu comigo: na terça-feira dia 17/02 de carnaval eu sai do viaduto da Qnl vindo da samambaia em direção a ceilandia, quando vi bem longe pelo retrovisor uma VTR do DETRAN, então acionei a seta e comecei entrar a esquerda isso vagarosamente, pois meu carro é 1.0 e eu estava com minha família, 3 adultos e 1 criança, avancei gradativamente para a esquerda pois tinha que passar por duas faixas pra não passar pelo zebrado, quando comecei a adentrar a 2º faixa percebi a vtr do DETRAN do meu lado, numa atitude de picuinha eles aceleraram e não me deixaram entrar, acionaram a cirene e me mandaram encostar, desceu o Auditor RAMON, já pagando sapo e reclamando que a seta ligada não me dava direito de entrar na faixa na frente deles, visto que, estavam com a preferência, tudo isso em tom moderado e educado, então no mesmo tom expliquei que sabia que eles tinham a preferência e que não tive a intenção de tomar a preferência. Solicitaram meus documentos , que mostrei prontamente, tudo em dia. Foi quando chegou a Auditora MARIANA, uma menina na faixa dos 20 anos, linda de corpo e rosto, em tom moderado mas extremamente deboxada, falando que eu não deveria entrar na frente deles e tal, dai ela saiu e voltou pra VTR, então eu argumentei com o RAMON que eles tinham acelerado, dai ele disse que aceleraram porque estavam averiguando uma placa do carro da frente, então falei que quando eu estava numa blitz era costume nosso orientar os condutores que devem ser educados e sempre dar a preferência e não acelerar pra impedir a entrada. Ele me perguntou o que eu era e mostrei a funcional, longo na seqüência chegou a Mariana com o bloco de notificação e o RAMON pediu que eu abrisse o vidro de trás pra ver se todos os ocupantes estavam de cinto. Quando eles me pararam e o RAMON me avistou eu tirei o meu cinto, pois pensei em descer e conversar com eles, acabei não descendo. Ele disse que me viu tirando o sinto mas queria ver se os ocupantes estavam de cinto, ao abaixar o vidro a MARIANA, estava do lado, e já tinha começado a notificar, foi quando argumentei a respeito da legalidade da notificação, afinal eu já estava parado a mais de 10min. Foi quando a moça argumentou que o que valia era a hora que ela tinha visto, então comecei a falar a respeito da boa convivência na área da SSP, afinal eles estavam procurando de qualquer maneira me notificar, foi quando o RAMON disse que a orientação que eles tinham era pra tratar todos igual, disse que tinha um tio PM e um irmão bombeiro e a MARIANA tinha um irmão PM, disse que a boa convivência ficava a meu critério, foi quando retruquei que quem tinha estabelecido o critério de convivência foram eles. Falei que ela era novata e ainda ia mudar de opinião, dai o RAMON disse que tb era do último concurso. Com tudo isso conclui que essa era a nova postura dos novinhos do DETRAN.
    Quero e ver detran pedindo apoio e pmzinho indo ajudar com essa ideia de "vamos ser amiguinhos"....pqp."

    ResponderExcluir
  3. NAO PODEMOS DA UMA DE CACHORRO VIRA LATA, A CULPA NAO E DOS PRAÇAS INFELIZMENTE,

    ResponderExcluir
  4. SINCERAMENTE, VEJO TUDO ISSO COM GRANDE TRISTEZA. SÃO OCORRÊNCIAS DESNECESSÁRIAS, AFINAL, SOMOS TODOS ÓRGÃOS DE SEGURANÇA. AQUELES AGENTES QUE ESTÃO PROCEDENDO DESTA FORMA NEGATIVA DEVEM SER INVESTIGADOS, CASO SUAS CONDUTAS SEJAM IRREGULARES, E DA MESMA FORMA, CASO HAJA ALGUM POLICIAL MILITAR SE PORTANDO DE FORMA INDEVIDA À ABORDAGENS DO DETRAN, TAMBÉM DEVEM SER ALVOS DE INVESTIGAÇÃO. NUNCA TIVE PROBLEMAS COM O DETRAN NEM QUALQUER OUTRO ÓRGÃO DE SEGURANÇA, POR ISSO PROCURO ANDAR DENTRO DO QUE PREVÊ A LEI, E CASO OCORRA ALGUM ABUSO CONTRA MIM, NÃO TENHAM DÚVIDAS DE QUE IREI ATÉ AS ÚLTIMAS INSTÂNCIAS, POIS SABEMOS QUE NINGUÉM ESTÁ ACIMA DA LEI. NO MAIS TUDO É VAIDADE E TENHO MUITA PENA DE PESSOAS QUE SE COMPORTAM ASSIM, QUERENDO PROVAR ALGO A ALGUÉM. QUE DÓ, QUE DÓ , QUE DÓ!!!!

    ResponderExcluir
  5. Ja deixo logo registrado se um cara desse sacar arma pra me abordar eu vo entender que ele quer me acertar. Diante disso, tenho o direito de me antecipar a sua acao e farei sem pestanejar.

    ResponderExcluir
  6. vamos tomar cuidado,senao daqui uns dias os agentes do detran estarao chegando nas delegacias com pms presos e algemados p/serem autuados e encaminhados as dependencias do 19 btl p/serem trancafiados.enquanto isso os coroneis que nao sabem e nao fazem porra nenhuma continuam atraz de suas mesas,aguardando somente o pagamento de suas gordas gratificaçoes;.

    ResponderExcluir
  7. Quando não há governo nem comando nas instituições, muitos agentes públicos se acham no direito de agir como bem entendem,segundo a discricionariedade própria. Daí para o confronto entre uns e outros só existe um fio de navalha. Vejo que esse imbróglio não vai acabar bem. Parece que a sensatez não foi matéria ministrada no curso de formação dos novos agentes de trânsito, e onde não há bom senso a tragédia está por perto.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde amigos,

    No meu ponto de vista, o que está acontecendo em Brasília e também em alguns Estados da federação é o excesso de vaidade por parte de algumas categorias e a falta de uma política de segurança pública realmente eficiente e eficaz.

    Antigamente, acerca de duas décadas, mais ou menos, a intriga sempre era fomentada entre policiais militares e policiais civis. Isso mudou (apesar de ainda acharmos alguns cascas grossas por aí) e hoje a convivência é mais harmoniosa.

    O que estamos presenciando, e não é de agora, é esse “peguinha” entre Agentes do DETRAN e Policiais Militares. Na grande maioria, e me desculpem quem pensar diferente, esse atrito está ocorrendo entre servidores “novinhos”, por qual razão não sabemos.

    Ora, somos forças criadas para manter a Lei e a ordem, portanto, temos a obrigação de dar o exemplo. No meu tempo de atividade, a camaradagem entre os integrantes dos órgãos de segurança sempre existiram. Se estávamos numa blitz e o abordado fosse um colega policial, bombeiro, agente do Detran, penitenciário ou das FFAA, que se identificasse, mais que depressa liberávamos o mesmo para seguir seu destino.

    Agora percebemos que a coisa mudou! Cada um está querendo mostrar serviço, não se sabe para quem. É passado da hora de acabar com essa pouca vergonha e como bem disse o jornalista Odir, evitarmos uma tragédia. Tanto a PM como o DETRAN sabem muito bem qual sua esfera de atribuição, então, que a faça dentro do previsto em Lei.

    Temos recebido denúncias de civis nos questionando se Agentes do DETRAN podem revistar o veículo. Claro que não! Eles não estão investidos do poder da polícia, porém tem o poder de polícia administrativa para, em prol do coletivo, proceder a “FISCALIZAÇÃO - ato de controlar o cumprimento das normas estabelecidas na legislação de trânsito, por meio do poder de polícia administrativa de trânsito. Cabe-lhes somente verificar as irregularidades pertinentes ao veículo, começando pela sua documentação e seguindo aos equipamentos obrigatórios. Inclusive cabe ao condutor do veículo abordado apresentar-lhes os equipamentos e não eles, AGENTES, colocarem a mão no veículo a título de vistoria.

    Aliás, diferentemente do que alguns imaginam, poder DE polícia não se confunde com poder DA Polícia; porquanto este é específico da Instituição policial, enquanto aquele é inerente a toda a Administração pública (o conceito legal, inclusive, encontra-se em legislação externa ao campo da Segurança pública, especificamente no artigo 78 do Código Tributário Nacional).

    Quanto a questão do armamento, ADIN impetrada ainda não teve seu mérito julgado, portanto, se estiverem trabalhando armados e principalmente com armas de uso exclusivo das polícias estão infringindo a Lei e passivos das sanções nela prevista. Isto porque o porte de arma de fogo é regulado pela Lei n. 10.826/03 (conhecida como Estatuto do Desarmamento), cujo artigo 6º estabelece que “É proibido o porte de arma de fogo em todo o território nacional, salvo para os casos previstos e em legislação própria e para: ... II – os integrantes de órgãos referidos nos incisos do caput do art. 144 da Constituição Federal” (que são: Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícias Civis, Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares)

    Torço para que essa “guerrinha” sem fundamento acabe e que efetivamente tenhamos um serviço voltado exclusivamente para a segurança pública, seja da sociedade e até mesmo dos profissionais que a executam.

    Poliglota...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nem se preocupem com o porte de arma,pois enquanto a ADIN não for julgada o ato do governador esta em pleno vigor,mas a arma usada tem e deve ser legal,se não for ......,portanto não se pede o porte e sim a documentação do armamento,se for ponto 40 ai nem tem conversa pois e de uso restrito,mesmo que quem esteja usando seja um ex policial e a arma estiver no seu nome a arma sera aprendida,agora tem gente que não pensa assim,então melhor e parar de se lamentar nos grupos de wattsup

      Excluir
    2. SÓ COMPLEMENTANDO, AÍ É POLÍCIA FEDERAL DIRETO, NADA DE DP

      Excluir
  9. Boa tarde amigos policiais e bombeiros militares! eu vejo com muita preocupação essa atitude por parte de alguns agentes,eles achão que vão se dar bem na frente do capa preta,que esse argumento de que foram orientados a proceder assim e assado,eles que não se atem hão às leis vigentes em nosso pais,para fazerem o seu trabalho,daqui a pouco estarão eles sendo conduzidos por policiais militares,para a DPF,para contatar o porte ilegal de armas de fogo.e ai eles verão que quem os orientou não vai segurar nada,e eles terão que pagar advogados para defende-los,eu espero que eles nunca me aborde fardado e saindo de serviço,porque eu chamarei reforço e os conduzirei a delegacia da PF,para eles verem como é bom ser constrangido durante o seu trabalho,eles já estão se achando superior as leis,vão se dar mal qualquer hora dessas,fiquem atentos policiais se não nos basta sem os marginais, agora vem esses agentes partirem para sima de nós policiais militares, eu já com meu mais de 25 anos de policia,já mais vou me sujeitar a essa humilhação,tomarei dentro da lei todas as medidas cabíveis e possíveis para ter os meus diretos assegurados desse tipo de gente,caros policiais não podemos e não devemos nos curvar diante de mais esta afronta,fiquem com Deus,um grande abraço a todos,e que Jesus Cristo nos proteja sempre!!!!

    ResponderExcluir
  10. poia é, eu não queria falar mais depois dessa vou falar. sou Major da reserva e fui parado numa blitz e mesmo após me identificar a pedido do agente este, nem me deu boa tarde e mandou que eu saisse do carro pra ele fazer revista. até que concordo se houver suspeita. porém da maneira que me respondeu ao lhe perguntar o que estava acontecendo a resposta veio ríspida e por pouco não lhe dava um tiro na testa. passei uma vida trabalhando na rua e não admito que qualquer policial ou agente ou seja lá quem for novinho ou não venha me desrespeitar. pelo que lí considero a verdade e, se os responsaveis por esses agentes não tomarem providencias haverá mortes ou agressões entre as partes. no meu caso resolví na hora me impondo. houve outros casos comigo mais até agora tenho resolvido no local mesmo porque não ando ilegal. toda a abordagem normal deve ser feita de maneira respeitosa e dentro do padrão ensinado. serve para todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revistar o veiculo?nao posso acreditar no que estou lendo,nao foi para ver o equipamento obrigatorio? Mandaram vc descer?

      Excluir
    2. "mandou que eu saisse do carro pra ele fazer revista, até que concordo se houver suspeita". Putz! Não aprendeu muita coisa na ativa não, né companheiro? Só polícia, com poder de polícia, pode revistar você ou seu veículo.

      Excluir
    3. Revistar o carro??. Mandar descer do veículo???? Que merda é essa Major????se atenha a fiscalização de documentos e equipamentos obrigatórios do veículo.Só.

      Excluir
    4. entenda, companheiro. não descí do carro poque ele mandou. descí pra falar cara a cara e mostrar pra ele como se trabalha e outra, não permitir revista nenhuma porque conheço as Leis e sou instruído. dei-lhe uma aula de como se aborda uma pessoa. afinal
      , passei quase toda a minha vida de Policial nas ruas e não em gabinete.

      Excluir
    5. Tem que encaminhar para a DP, nada de PF. A PF apura crime de interesse da união e porte ilegal é crime comum estadual.

      Excluir
  11. Detran sempre agiu assim! Não é só os novinhos. Em 2006 passei por uma situação dessas. Não respeitam e se acham autoridade! O mais foda é ainda darem o direito a essas pessoas de portarem armamento de uso restrito! Auditores? O que o Detran faz a não ser multar e usar de arbitrariedade com as pessoas? Para mim são meros agentes de trânsitos e nada mais! Se olham um PM ou um militar das forças armadas, fazem questão de parar o militar e querer tripudiar para mostrar que são alguma merda! Agora o erro está no comando que fica sentado assistindo tudo e não defende sua tropa... Se puxar armamento não vou deixar um novinho inexperiente errar e me sentar o dedo...se puxarem vou responder com fogo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. irmão ainda tem mais,fica esses pms de transito,bptran,bprv dando corda para essas merda,multando e dando uma de guarda de transito,tachados de genericos,é isso que dá,temos que começar arrochar esses camaradas,abordar e pedir tudo,até assoprar o bafometro,temos que fazer alguma coisa,é vergonhoso nos policiais,eles guardas de transito dar uma de policia,se liga cana ,arrocho nesses caras,fui.

      Excluir
    2. e digo,até pouco tempo era os agentes do der,dei um arrocho total nestes guardas,dp,desacato levei todos pra dp,rapidinho descobriram o lugar deles,digo,arrocho total nesses guardas.

      Excluir
  12. EU SOU DO TEMPO QUE PAISANO CHAMAVA A CARRO DA PM DE CAMBURAO AGORA ELES CHAMA DE VIATURA NOME DE PIRANHA , EU SO DO TEMPO QUE SARGENTOS PULAVA O BANCAO DA DELEGACIA E DAVA UM MURRO NO AGENTE FOLGADO , INFELIZMENTE O TEMPOS MUDARAM, QUE FALTA FAZ EM ,SGT LOPAO , SGT JOSUE MARQUES NAO E VERDADE CORONEL SUAMY . AINDA TEMOS PMS COM O SANGUE NOS ZONHOS ELES VAO ACHAR OLHA COM EU ESTOU FALANDO.

    ResponderExcluir
  13. A culpa da PM estar assim é culpa das praças mesmo!!!!

    Quem matem esse sistema arcaico e anacrônico são as praças! As praças fazem tudo e se lascam!!!

    Pra que vibrar? Multar? Dar gratificação pra quem não faz nada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade irmão ,fica esse bando de pms bitolados por transito ,sacaneando até os próprios pares,é até compreensivo que esses guardas do detran sacaneiam o pm,nos somos vistos como genericos e uma categoria que não tem união,isso é sabido por todos,o próprio pm não se valoriza,é cada um por si e deus por todos,se tivesse união, duvido que guarda de transito estaria querendo ser policia.

      Excluir
    2. CFSD 1995 - REFORMADO3 de março de 2015 10:24

      Falou tudo!

      O que vejo de praça por aí espumando e babando com um talão de notificação na mão, não brincadeira!
      Enquanto isso, esses palhaços, que o ex-governador AGNULO alçou à condição de "auditor" de asfalto, enchem a burra, pois seus salários só são possíveis se houver alta arrecadação com multas, que as praças da PMDF insistem em espalhar raivosamente.

      Penso que o uso da multa deve existir, desde que seja extremamente necessário. Mas, pelo visto o Coronel "Timulta"(alguém mais antigo aí lembra?) deixou muitos discípulos.

      Excluir
    3. e digo,esses pms que gostam de transito,deveriam estar no detran ou no der,chega ser ridiculo o pm com aquele uniforme girasol,seilá o que é aquilo,multando,arrochando, querendo ser guarda de transito,deixa essa porra para quem recebe para tal,policia é policia.

      Excluir
  14. Vamos quebrar Detran!
    Todo mundo usa o cinto de segurança dentro do carro, ninguém bebe e dirige, documentação em dia!
    Quero ver esses novinhos notificar alguém!
    É só cumprir o que diz o CTB!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O senhor está certíssimo! A PMDF compra, atoa, briga de alguns praças que tem histórico de alteração. Temos que ser padrão!

      Excluir
  15. Poliglota o Sr está de parabens por replicar a matéria do Odir Ribeiro aqui nesse espaço, vejo com preocupação, aliás com muita preocupação essa "GUERRINHA" de vaidades entre PMs e Agentes do Detran o que pode finalizar com o final trágico para alguém. Quero aproveitar a oportunidade e conclamar o Governador, Comandante Geral da PMDF e Diretor do Detran para se aterem dos acontecimentos entre Policiais e Agentes antes que seja tarde demais.

    ResponderExcluir
  16. Aqui no Gama os agentes do DETRAN estacionam/param as viaturas em cima do canteiro central e começam a notificar sem dó nem piedade e ninguém do 9º BPM (PT-GTM-MT) não faz porra nenhuma,(perdão Poliglota) se brincar até esses PMs de transito são notificados também.

    ResponderExcluir
  17. PREVISÃO DA MÃE DINÁ: PM X DETRAN = TRAGÉDIA

    A IMPRENSA VAI SE DELICIAR COM ESSA MERDA TODA.

    ResponderExcluir
  18. Isso e bom acontecer para os tarados multadores compulsivos pararem de fazer serviço dos outros...no Goias um amarelinho fazer gracinha apanha mais que cachorro doido,já a PMDF todo lixo quer cagar em cima.

    ResponderExcluir
  19. Tenho pena desses amarelinhos quando se depararem com bandidos de verdade. Será uma tragédia. Deus proteja esses pobres agentes de trânsito.

    ResponderExcluir
  20. Notificação ZERO,LERAM ISTO AI; BPTRAN, TOR,PRV E O RESTANTE QUE LIDA COM TRANSITO. cumpra-se.

    ResponderExcluir
  21. Há alguns dias ouvi um diálogo entre um PM nosso e um paisano à cerca de uma tal autuação de trânsito, meu DEUS! Como ainda existem policiais ingênuos e sem censo crítico, depois de ponderar sobre a tal autuação o PM lhe perguntou:
    - Quem lhe multou?
    - Foi o Detran!
    Respondeu o PM:
    - Ah ! Se fosse nós era fácil derrubar!
    O próprio PM sai dizendo pra um paisano qualquer que "se fosse PM que tivesse multado seria FÁCIL derrubar", é assim que devo me valorizar? É assim que devo agir para que outros valorizem e respeitem a PMDF? O PM NÃO tem que dar dica ou mandar paisano porra nenhuma ir em quartel pedir favores referente à autuações. Até quando vamos deixar de ser uma instituição FÁCIL de se conseguir favores? Vá algum de nós pedir algum favor a um delegado, diretor de escola, gerente do BRB, agente do Detran, administradores de satélites, obviamente esses servidores ocasionalmente nos recebem, mas JAMAIS vão imediatamente nos atendendo no que pedirmos, vá lá no Detran pedir pra derrubar uma notificação pra ver o que irão te dizer ou se você não sairá de lá autuado em flagrante por corrupção ativa! Vá lá! O "cidadão" que vai em quartel reclamar de multa ou pedir jeitinho devia sair de lá PRESO, se fizéssemos assim desde sempre nos respeitariam muito mais, invés disso, ficamos aí fazendo o trabalho do Detran, DER, PRF, e colhendo apenas a MÁ FAMA e o ÓDIO das pessoas, enquanto os belezinhas desses servidores aí conservam sua pele muito bem cuidada na sombra e o PM feito um imbecil TORRANDO no sol quente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CFSD 1995 - REFORMADO3 de março de 2015 12:22

      Sgt. Nêiliton,

      Resumiu tudo. Seu texto não precisa de nenhuma ressalva.

      Excluir
  22. O problema é que estamos entre a cruz e a espada. Ninguém gosta de Pm, a verdade é essa. A sociedade é hipócrita, toda ela. Paisano merece ser notificado, independente de pra onde vai o dinheiro. Eu já fui parado pelo Detran diversas vezes e nunca tive problema. Mas acho que todos os segmentos da segurança pública deveriam fazer uma política de "boa vizinhança"... Cb Bptran

    ResponderExcluir
  23. acho que o PM não tem a minima moral pra falar mal do DETRAN para quem conheceu um tal SGT DACIMARIO, sabe que quem arrocha o pm e seus familiares nas ruas são os proprios praças

    ResponderExcluir
  24. CFSD 1995 - REFORMADO3 de março de 2015 10:20

    Os policiais militares devem se unir e buscar fundamentação jurídica, inclusive para prender agentes do DETRAN que estejam usando armamento em desacordo com a legislação.

    Os senhores são policiais ou um monte de M...?

    Esses calhordas, cujo único risco que correm é morrer intoxicado com tinta de caneta, devem ser colocados em seu devido lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a vaidade é grande entre as partes. É estão perdendo o foco do que é realmente atribuição. De um lado o Detran querendo cobrar impostos o que é vinculado e do outro alguns poucos auditores( Detran), PMS, PC e bombeiros que não pagam impostos devido a desvalorização das carreiras ou mal uso da remuneração. E que por muitas vezes chegam arrogantes e se impondo. O tratamento tem que ser urbano pra ambas as partes, abordados e o abordante. Caso contrário ambos tem que responder. Temos que pensar no bem comum que é a segurança pública. Quem não " deve" nao teme.

      Excluir
  25. CFSD 1995 - REFORMADO3 de março de 2015 10:27

    Pessoalmente, se ainda estivesse no serviço ativo, se um Agente do Detran me apontasse uma arma, responderia prontamente.
    Quem me conhece sabe disso.
    Por que acham que estou reformado?

    ResponderExcluir
  26. Lendo as muitas opiniões proponho fazermos um comparativo para avaliar qual o critério mais justo para ascender ao QOPMA. Nos últimos cinco anos com o advento da 12086 muitos policiais tiveram uma, duas, três promoções, e alguns até quatro. Justo não? Para a maioria que conseguiu mais de uma promoção sim, mas para outros que só tiveram uma única e ainda essa para cabo talvez não. Mas mesmo assim ainda beneficiou a maioria. E um detalhe que não pode passar desapercebido, todos foram promovidos por antiguidade. Se ainda estivéssemos na vigência da lei anterior não se alcançaria dez por cento dessas promoções e hoje a maioria estaria estacionado. Então isso nos traz a conclusão que a 12086 foi ótima para maioria. Uns dirão que sim, outros nem tanto, pois apesar de ter sido também beneficiado sempre se quer mais. E às vezes quando se pede demais você pode ser atendido, mas não da forma que gostaria. Agora vamos fazer uma projeção dos próximos cinco anos com a possibilidade de que a reestruturação não aconteça, apenas hipoteticamente. Hoje está aí para todos verem que as promoções só acontecerão mediante pedidos de reserva para que se haja abertura de vagas. Ou seja, as promoções já travaram e só acontecerá daqui por diante a conta gotas. E muitos daqueles que estão próximos da reserva ainda tem a esperança de galgar mais um degrau, inviabilizando mais ainda a abertura de vagas. Agora vamos trazer essa discussão para o CHOAEM para ver se uma prova poderá beneficiar a maioria. Digamos que nos próximos cinco anos aconteçam cinco concursos com no máximo 50 vagas e que todas elas sejam preenchidas por 3º SGT's com mais de 18, com o CAP, como diz a lei. Hoje temos mais de 600 ST's e destes pouco mais de 20 por cento irão para a RR nos próximos cinco anos. Ou seja, com este cenário teríamos cerca de 250 cabos promovidos a sargentos, com a promoção daqueles 3º SGT's a oficial e pouco mais de 200 promovidos em cada graduação subsequente em decorrência do pedido de reserva dos sub tenentes mais antigos. Agora vamos projetar um outro cenário onde se consiga emplacar uma reestruturação onde o critério se fixe pela antiguidade somente, onde os ST's mais antigos seriam promovidos com aquelas mesmas vagas (250), onde de cara já teríamos um outro cenário refletido nas graduações inferiores, pois para cada sub tenente que ascende ao oficialato outras cinco vagas se abre pra baixo. Sem contar que dentro da estimativa dessas 250 vagas nos próximos cinco anos, a maioria desses ST's promovidos a oficial pedirão reserva, reabrindo as vagas novamente, algo impossível de acontecer se o critério do concurso prevalecer dentro desse mesmo período e sendo contemplados aqueles com menor graduação e com muito mais tempo para permanecer na caserna. Não estou inventando nada, pois isso aconteceu nos últimos cinco anos usando o critério da antiguidade. Portanto, com todo esse comparativo me convenci que sou completamente a favor da antiguidade. Detalhe. Sou ST com 22 anos de serviço e não figuro entre os mais antigos; tenho uma licenciatura e um bacharelado e o concurso, caso eu viesse a passar, daria um salto em minha carreira. Mas como tenho uma visão mais coletiva da coisa hoje sou totalmente a favor do critério da antiguidade e o que deveríamos fazer era buscar meios para emplacar a reestruturação, e não ficar nos digladiando nas redes sociais com o falso discurso que a meritocracia é o melhor para todos. Méritos já tivemos quando aqui adentramos através de concurso público assim como os oficiais, mas estes só fizeram um único. Se querem mais meritocracia não se esqueçam que também passamos por diversos cursos, seja de formação, capacitação ou aperfeiçoamento. Não se esqueçam que teoricamente não nos diferenciamos dos oficiais, pois somos também capacitados e todos de nível superior. Portanto, ser selecionado hoje dentre os demais para o CHOAEM não fará ninguém melhor que ninguém, apenas beneficiará a minoria que passar, pois "teoricamente" estamos todos no mesmo nível. Reflitam sobre isso.

    Apenas um ST
    Responder

    ResponderExcluir
  27. Na minha opinião acho que estão criando uma tempestade em um copo d'água, pois o que supostamente aconteceu em algumas abordagens do DETRAN é mais comum acontecer entre nós pm's do que se imagina. Quantos de nós já não foram abordados por colegas mal humorados e que ao nos identificarmos não vê uma pingo de camaradagem? Quantos já não tiveram seu carro ou mesmo de algum parente notificado e quando tentam um diálogo com o colega para aliviar esse simplesmente ignora? E não me venham com essa que pedir para um colega quebrar uma multa seja corrupção, pois aquele que nunca tentou isso que jogue a primeira. Ou vocês acham que aquele ex superintendente do DETRAN que saiu na mídia com várias multas em seu prontuário e que continuava a dirigir, as quitou? Vamos deixar de hipocrisia minha gente. Pelo que estou vendo com essa celeuma toda é a criação de mais uma rusga desnecessária com uma instituição inteira por causa do erro ou arbitrariedade de alguns. Lendo os comentários vejo que não temos moral para criticar aqueles que criticam a PM por causa do erro de alguns, pois quando temos oportunidade fazemos o mesmo com relação aos outros órgãos. Não estou aqui querendo defender a atitude desses agentes que por ventura tenham agido de forma autoritária, mas generalizar a todos é cair na armadilha daqueles que fazem isso diuturnamente conosco. Portanto, façamos o que um colega escreveu acima. Vamos quebrar os cofres do DETRAN. Para isso que andemos todos conforme manda os manuais de trânsito, pois agindo assim ninguém poderá infringir o seu direito. E se por acaso for parado em uma blitz, seja fardado ou não, e desde que abordagem esteja conforme prevê o dever desses agentes, que aceite sem nenhuma preocupação. Não existe lugar nenhum que diz que estamos acima da lei e que não podemos ser abordados pelos agentes de trânsito, estando fardado ou não. Claro que você estando fardado e não tendo cometido nenhuma irregularidade que chame a atenção para uma averiguação, a abordagem pode gerar uma certa falta de camaradagem. Mas se isso acontecer será com um número muito irrisório, conforme acontece aqui no nosso meio. Nesse caso é proceder de acordo com a lei prevê e "pt" saudações. Existem coisas mais importantes para nos preocuparmos e o nosso inimigo é outro; os verdadeiros infratores da lei conhecidos pela alcunha de "pebas". Nós servidores da segurança pública temos é que procurar nos unirmos, pois já estamos perdendo essa guerra. Um exemplo é que agentes em todos os seguimentos estão perdendo suas vidas, sejam policiais, agentes de trânsito, penitenciários, vigilantes, entre outros. E se ficarmos nessa de criar mais um inimigo entre os mais próximos, o outro inimigo muito mais carrasco e sanguinário agradecerá. Portanto, que tenhamos mais camaradagem entre todos do seguimento da segurança pública, e aqueles que destoarem que paguem pelos seus próprios erros, mas sem generalização.

    Apenas um ST

    ResponderExcluir
  28. Eu sou agente do DETRAN e estava nessa operação, ocorre que a blitz era de madrugada, o policial veio com os vidros escuros e levantados, ao receber ordem de parada elebse recusou e acelerou o veículo, só parou pq uma viatura o fechou a frente, no carro não vem escrito se é PM, PM ou até mesmo bandido, se o cara para e conversa com certeza não teria ocorrido o desentendimento. Ao ser abordado estava alterado, nervoso e insultou os agentes. Isso é atitude de PM? Eu por exemplo quando vejo uma viatura ou blitz da PM, DETRAN ou DER passo respeitando, com as duas mãos no volante. Agora o que tem de humilhante em um policial ser abordado, porque não respeitou quem estava trabalhando e parou. Cabe salientar que a blitz estavam lotada de condutores sendo autuados e que estavam testemunhando, pedir os documentos do PM era o mínimo que poderia ser feito depois do que ele fez. Julgar sem saber o que aconteceu é mole, agora querem prender agentes armados? Prendam! Já tem decisão do TJ mandando indenizar agente preso ilegalmente, a lei não caiu pessoal, só quem declara lei inconstitucional é juiz, enquanto isso não ocorre tá valendo. Muitos PM nos conhecem e sabe que buscamos união, não se pode generalizar por um fato isolado provocado pelo policial queb agora se faz de vítima. Nosso inimigo é outro galera. Não vou generalizar o tratamento por causa de alguns, contunuo consideramdo , apoiando e respeitando os PM, estarei sempre em QAP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AÍ CAMARADA, VOCÊ TEM RAZÃO EM MUITA COISA QUE FALOU MAS NÃO PENSE QUE NAS CASERNAS SÓ TEM OFICIAIS NÃO. MUITOS DESSES SÃO CONIVENTES E OMISSOS MAS PRAÇA NÃO É IDIOTA. SE RESPEITAR SERÁ RESPEITADO SIMPLES ASSIM. AGORA PETULANTE VOCÊ EM DESAFIAR PM A PRENDER, POIS TE DIGO UMA COISA AMIGO SE TIVER USANDO ARMA DE USO RESTRITO DAS POLICIAS É POLÍCIA FEDERAL SEM CONVERSA. CONTINUO RESPEITANDO E APOIANDO O DETRAN, PORÉM NA MESMA PROPORÇÃO.

      Excluir
    2. CFSD 1995 - REFORMADO3 de março de 2015 19:31

      Se ocorreu assim como você descreveu, então o Policial Militar estava errado.
      Porém, se ocorreu como o PM relata, e isso começar a se tornar rotina, temo que não vai demorar acontecer uma tragédia.

      Se se tratar de agente "novinho", é bom que ele seja relembrado por colegas antigos que, o estresse no meio policial é altíssimo.

      Aqui dentro da PMDF, já tivemos inúmeros casos de homicídios entre integrantes da corporação, bem como envolvendo PCs, etc.
      Apenas de fatos que eu me lembro sem consultar a internet, posso relatar 06 desses, mais recentes.
      1) - Soldado Maurício, que matou o Tenente Valério na Papuda em 2003, com 06 tiros;
      2) - Tenente que matou outro tenente no BPTran, em 2007, supostamente em uma brincadeira de mau gosto;
      3) - Ten Iege, que matou a esposa em 2009;
      4) - Capitão Moura Luz, que matou a namorada e se matou em Taguatinga em 2010;
      5) - Em 2012, um PMDF matou um PCGO em Taguatinga Sul em troca de tiros, onde o PM também morreu;
      6) - Em 2013, um PMDF matou um PCDF após troca de tiros; e, nesse caso, consta que os dois eram amigos.

      Existem dezenas de outros casos, mas me lembrei desses sem muito esforço.
      Isso não é uma ameaça, é apenas uma constatação do que ocorre nesse estressante meio.

      Por isso, acho que os "novinhos" do DETRAN ainda não se deram conta de que, estando certos ou errados, é preciso muito tato para lidar com quem tem um altíssimo estresse e anda armado.

      LEMBREM-SE:
      Quem está com um estresse muito alto, não está preocupado se você é um "auditorzinho" de asfalto ou está dando uma de policial.

      Excluir
  29. [28/2 11:16] AG Janilsom: Ola pessoal, a respeito da abordagem do pmdf
    [28/2 11:16] AG Janilsom: Senhores bom dia! Sou o Janilson, supervisor da equipe de ontem e estava coordenando a operação. O fato nao aconteceu como narrado. Inclusive eu que pedi para o condutor parar por entar na area da operacao com velocidade alta. Inclusive so parou porque fiquei na frente. Naquele momento, a frente do veiculo e com o farol no rosto não tinha como ver farda; o veiculo foi abordado dentro do previsto e solicitado documentos tendo em vista haver outros condutores ja abordados.

    ResponderExcluir
  30. Lamentável, inacreditável, no mínimo, inaceitável. Ja temos uma dura batalha dia a dia, são os fora da lei, os sabe com que esta falando, os salários insuficientes para um padrão digno face os riscos inerentes a atividades, as condições de trabalho limitadas e ainda conseguimos criar mais uma guerra, mais um inimigo. A Polícia, Detran, Saúde, Educação, são serviços públicos, não são serviços particulares em que podemos abusar do poder estatal frente aos nossos interesses particulares. Uma das razões da desmotivação é perceber que a vaidade é o maior vírus que há nesse sistema. O pior é quando vejo Omissão daqueles Que devem evitar esses percausos e...nada, de parte a parte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Agente Janilson, podendo conferir as duas versões do fato, quero me reposicionar na análise inicial, pois percebe-se que o próprio título da matéria parece-me não traduzir a realidade da ocorrência. Entendo que o policial militar em questão, diante do quadro agora conhecido, poderia perfeitamente ter adotado uma atitude mais colaborativa. Pareceu-me muito zeloso com a sua condição de policial militar, esquecendo-se que esta condição não o isenta do dever de observar os preceitos legais e muito menos, confere-lhe o direito de dificultar a ação de qualquer agente do estado.

      Excluir
  31. Porra nenhuma, não é de hoje que vemos esse tipo de relato. Acredito que existe sim um certo desrespeito ou até uma implicância dos agentes do detran para com os policiais militares. No entanto, não é só a PM que reclama dos agentes, mas sim toda a população. Esses funcionários não sabem usar de seu poder sem uma dose de deboche. Nós POLICIAIS MILITARES temos bom relacionamento com todos agentes do Estado, inclusive com a PC, nossa co-irmã a qual já tivemos alguns problemas. Já essa classe aí ninguém gosta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CFSD 1995 - REFORMADO4 de março de 2015 07:40

      Exatamente.
      Inclusive já vi agente do DETRAN se gabando em comentários no CORREIO BRAZILIENSE, por ter mandado carro de PM para o depósito.

      Excluir
  32. Acredito que a melhor forma de resolver esse problema é montar uma blitz na saída do serviço deles, e outra é toda vez que houver um problema desse tipo o policial chame apoio na rede rádio

    ResponderExcluir
  33. Queria lembrar aos colegas POLICIAIS MILITARES que o policial pode estar errado do jeito que for não justifica uma arma apontada estando fardado e de serviço. Qualquer um que não esteja do lado do policial é um imbecil, idiota e traidor. Um simples exemplo: se vc chega em uma situação de perigo e lá está seu filho ou seu irmão vc não vai se preocupar, nesse exato momento, se ele está certo ou errado vc vai tirá-lo de lá , depois vc educa. Qualquer POLICIAL que fique contra um policial aqui nessa situação é um TRAIDOR. E aos policias, se é que são policiais e não agentes do detran escrevendo merda, que escrevem aqui contra nossos colegas eu tenho vergonha de vcs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CFSD 1995 - REFORMADO4 de março de 2015 07:37

      E, como eu disse em outro comentário, se fosse eu, estando fardado, não exitaria em responder à altura.

      Excluir
  34. irmãos ,enquanto a gente não se unir,sempre vai acontecer isso,guarda de transito dando uma de policia,a pm é uma instituição com um efetivo grande,unida cumpadi ninguém atravessa .é pedir apoio quando se achar constrangido e tocar a porra para frente,vamos parar de ser medrosos,quando abordar esses guardas fazer o procedimento que nos já estamos calejados de saber,arrocho total,porra é só nos que passamos por isso,é vergonhoso,vamos ser profissionais e deixar de mulecagem,,claro que tem muito pm de transito puxa saco.

    ResponderExcluir
  35. Senhores trabalho no 14° recentemente presencie uma tentativa de atropelamento a um agente do detran estava de servico tentatamos prender o individuo mais este conseguiu fugir da vtr umas duas horas depois localizamos o veiculo e o condutor o prendemos e buscamos o agente do detran para que o mesmo tomasse as providencias cabiveis nem lembro o nome dele era por volta de 1h da manhã mais e inadimissivel não se respeitar quem esta de serviço e arriscar a vida de um trabalhador isso e so pra lembrar aos agentes que a nossa luta e contra vagabundos aqui em planaltina procuramos pebas e quem nao nos respeita e somos todos ligados a seguranca publica.muitas vezes falta bom censo nas abordagens por parte de alguns.

    ResponderExcluir
  36. Segundo o Delegado-chefe da da Delegacia de Controle de Armas e Produtos Quimicos da Policia Federal,a qual é responsável pelo registro de armas de fogo de todos os cidadãos do Distrito Federal (exceto armas de uso restrito),a respeito de agentes do Detran portarem armas o mesmo disse o seguinte, Ao encontrarem agentes do DETRAN portando armas de fogo,ao invés de conduzir para PCDF,levem diretamente para Policia Federal para fins de autuaçao por por porte ilegal e cassação do registro. Caso queira tirar dúvidas antes,podem ligar diretamente na Policia Federal, em principio no horário de expediente no telefone ( 20247569 )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e é isso que vou fazer,pegar guarda de transito armado,vou acionar o ciade e deslocar para policia federal,só isso,simples,e deixar o procedimento para quem de direito.

      Excluir
  37. Senhores boa noite,

    Realmente essa matéria do jornalista Odir Ribeiro me surpreendeu e foi uma das matérias mais visitadas e comentadas dos últimos meses.

    As opiniões se divergiram e isso faz parte da democracia. Algumas, obviamente, fomos obrigados a moderar devido ao conteúdo, no entanto creio que a coerência e senso crítico prevaleceu de ambos os lados: Críticos e defensores.

    Agradecemos a todos que se posicionaram, apesar do anonimato (uma droga que precisamos extirpar de nosso meio), e devemos entender que somos FORÇAS DE SEGURANÇA em prol de uma cidade melhor e de profissões mais justas e reconhecidas.

    Peço a todos que continuem a se ater no tema, esquecendo as particularidades pessoais, principalmente nomes. Vamos nos engajar e buscar soluções, sempre lembrando que a segurança pública é e sempre será nosso foco principal enquanto vestirmos uma farda, seja ela vermelha, cinza ou amarela.

    Grande abraço a todos,

    Poliglota...

    ResponderExcluir
  38. O diacho é que não vEmos o Comando se manifestar. Parece que temos um comando "caviar": nunca comi. Nunca vi. Só ouço falar. Enquete: quantos Praças sabem qual o nome do 01 da PMDF? Somos uma locomotiva descarrilhada.

    ResponderExcluir
  39. Tem piores que o DETRAN conosco,alguns do BPTRAN e CPRv.. E a papa tango das ADs....Esses dias ,fui tratado com descaso pela papa tango de uma AD PMDF...Talvez,o DETRAN, me desse tratamento mais respeitoso.

    ResponderExcluir
  40. Gostaria de fazer algumas breves considerações, primeiro dizer que nós policiais somos culpados por esses acontecimentos, no momento em que permitimos ao DETRAN montar seus bloqueios em nossas áreas. Segundo porque na Constituição Federal, em seu artigo 144 NÃO EXISTE DETRAN no âmbito da Segurança Pública, some-se a isto, o fato de que conforme a legislação APENAS a POLÍCIA tem o poder para intervir no direito de ir e vir do cidadão, pois é função precípua da POLÍCIA e não dos funcionários públicos, enfim, quando o DETRAN o faz USURPA A FUNÇÃO PÚBLICA, conforme preconiza o artigo 328 do CPB, e nós POLICIAIS quando permitimos PREVARICAMOS, por não tomar as devidas providências. O Próprio CTB diferencia POLICIAMENTO (intervenção no direito de ir e vir) de FISCALIZAÇÃO (lá no pátio de DETRAN). Fica ai a dica para colocar cada qual no seu quadrado...

    ResponderExcluir
  41. Fraga falou que se os Agentes do Detran quiserem abordar como policiais que façam concurso para isso.. Pois bem, todos sabem que existe lei distrital que concede porte de arma aos Agentes do Detran e todos sabem que está sendo discutida sua constitucionalidade. Porém, enquanto não for julgada a ADIN a lei é válida. Quem tem o poder para DIZER O DIREITO são os magistrados. Os policiais que quiserem julgar constitucionalidade de leis que passem no concurso para Juiz. Sou Agente do Detran e já abordei diversos PMs que foram arrogantes ao se identificar. Teve um que se identificou mostrando a .40. SEM falar daquele caso que um colega foi arrastado por metros por um PM. Se querem respeito têm que demonstrar respeito. Sempre que eu verificava respeito por parte do policial liberava prontamente. Mas todos sabem que existem servidores ruins em todas as instituições.. inclusive no Detran.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara preste atenção na asneira que você acaba de falar. Lei Distrital existe e está sendo julgada sim, o mérito não foi definido ainda. Então a melhor coisa que tu devia ter feito é ficado calado para não complicar mais. Não sou policial mas sou da área juridica e posso te garantir que se algum agente do Detran ou de qualquer órgão publico for pego com qualquer arma de USO EXCLUSIVO das polícias, expresso na CF de 88 no seu Art 144, vai em cana sim. Quer testar? E mais, é POLICIA FEDERAL direto por porte ilegal de arma. A melhor coisa que vocês deviam fazer é procurar se alinhar com a PM e fazerem o melhor pra nossa população em vez de ficar com essa birrinha e jogo de vaidades. E o deputado Fraga não errou não, ou por acaso vocês tem poder de polícia?

      Excluir
    2. CFSD 1995 - REFORMADO5 de março de 2015 20:31

      Anônimo5 de março de 2015 13:35(Agente do DETRAN - desinformado).

      Lei Distrital sobre porte de arma é inócua e inválido de pleno direito. Visto que, compete privativamente à União legislar sobre porte de arma de fogo.
      Lei semelhante do Estado de Goiás, que cria serviço militar voluntário também já está sendo questionada no STF em sede de ADIN, onde o Procurador-Geral da República reafirmou princípio legal, dizendo que, "Não cabe à lei estadual, ainda que indiretamente, conceder porte de arma a agentes (públicos e particulares) não previstos no rol taxativo do art. 6º da Lei 10.826, de 22 de dezembro de 2003 (Estatuto do Desarmamento)", afirma Janot.
      O Estatuto do Desarmamento não contempla em nenhum artigo agentes do DETRAN como aptos a portarem armas de fogo, seja em serviço ou fora dele. Por isso, o porte de arma por agente do DETRAN é ILEGAL!
      Lei Distrital não pode suprir essa lacuna!

      FONTE:
      http://noticias.pgr.mpf.mp.br/noticias/noticias-do-site/copy_of_constitucional/imprimir?&UID=dd18e082ddf8ae212b61f49e35961ae5&keepThis=true&TB_iframe=true&height=400&width=700

      Até que seja julgada a constitucionalidade, agentes do DETRAN podem ser presos por porte ilegal de armas. Isso porque, essa Lei Distrital é completamente precária, e contraria frontalmente a Legislação Federal.

      Por isso, os PMs do DF que não estão prendendo agentes do DETRAN portando armas em serviço ou fora dele, estão prevaricando!

      Excluir
    3. Se encontrarem algum agente portanto arma de uso restrito devem conduzir a PF. Porém vcs não vão encontrar pq todos utilizam de uso permitido. Não estou defendendo os Agentes que agem como policial, mas diante de uma situação de risco e que configure crime qualquer do povo pode se defender de injusta agressão. E se isso significar usar arma de fogo isso deve ser feito. Vc deveria saber interpretar melhor um texto pq em nenhum momento falei que a lei autorizava portar arma de fogo de uso RESTRITO. Vai lá na no site do TJ e pesquisa o processo 200411096365-7 e veja oq um magistrado acha do nosso porte de arma. Só o STF pode declarar inconstitucionalidade de lei e até lá a lei é válida.
      Concordo com vc com que o Detran junto com a Pm devem buscar a paz. Mas os excessos das duas partes devem ser punidos. O Fraga só quer o voto da PM.. utilizando essa intriga tola como meio de mostrar apoio. Tenho muitos amigos PMs e fico triste com tudo isso.

      Excluir
    4. Para mim isso é uma guerra de egos. Um querendo mandar mais que o outro. As duas partes deveriam entender que vocês são apenas servidores publicos, pagos com dinheiro do estado para prestar um serviço de qualidade para população. E não para usar o cargo de vocês para aumentar o seu ego.

      Excluir
    5. CFSD 1995 - REFORMADO7 de março de 2015 12:00

      Anônimo6 de março de 2015 10:51(Agente do DETRAN desinformado),

      Você é que não interpretar.

      A questão objetiva aqui, é que, NÃO CABE AOS ENTES FEDERATIVOS LEGISLAR SOBRE ARMAMENTO E PORTE DE ARMAMENTO, DE USO PERMITIDO OU NÃO!

      Entendeu agora em letras garrafais? Portanto, a Lei Distrital é totalmente inócua!

      Por isso, não faz nenhum sentido observar lei sem valor, que de plano é totalmente inválida!

      Aliás, o doutrinador e Ministro do STF, Luis Roberto Barroso já disse: "Norma inconstitucional é norma inválida, por desconformidade com regramento superior, por desatender requisitos impostos pela norma maior."

      Hoje, se a CLDF fizer uma lei dizendo que não é mais crime o RACISMO, nenhum policial é louco de deixar de prender alguém que cometa racismo, pois o DF não autonomia para descaracterizar esse crime.
      Assim também, o PM tem obrigação de prender agente do DETRAN que esteja portando arma de fogo, pois só a União poderia conceder esse porte por meio de ato legislativo oriundo do Congresso Nacional e sancionado pelo(a) Presidente da República.

      Excluir
  42. CFSD 1995 - REFORMADO5 de março de 2015 20:15

    Ontem(04mar) um Agente do DETRAN-DF foi preso pela PMDF por PORTE ILEGAL DE ARMA.

    Deu no CORREIO BRAZILIENSE.

    Polícia prende agente do Departamento de Trânsito por porte ilegal de arma
    O homem foi levado para a 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul), na tarde desta terça-feira quando tentava se desfazer do revólver.

    Postado em 04/03/2015 12:30 / atualizado em 04/03/2015 13:31
    Thiago Soares
    Um agente do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) foi preso por porte ilegal de arma na tarde desta terça-feira (3/3), em Samambaia. O homem de 33 anos foi abordado por policiais militares na QR 415, quando tentava se desfazer da arma. De acordo com a autarquia, o servidor estava fora do horário de serviço no momento em que foi detido.

    Segundo informações da Polícia Civil, uma equipe da Polícia Militar patrulhava a região no momento da abordagem. O homem jogou um objeto no chão assim que percebeu a viatura na localidade. Em seguida, ele fugiu, mas acabou tropeçando. Durante revista, militares encontraram a arma de fogo que havia sido abandonada. O agente não tinha porte e nem registro do revólver.

    O RESTANTE DA MATÉRIA AQUI:
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/03/04/interna_cidadesdf,473911/policia-prende-agente-do-departamento-de-transito-por-porte-ilegal-de.shtml

    ResponderExcluir
  43. Não tenho reclamação do DETRAN, pois uso cinto, LIGO a seta, não paro em lugar proibido, não ando embriagado (minha mãe foi atropelada por um bêbado) e não corto fila no retorno. Também não tenho reclamação da PMDF, pois ando na Lei. Quem reclama da PMDF, Detran ou PCDF é por que não anda na linga.

    ResponderExcluir
  44. Ai eu me pergunto:
    se não existe a tal da "CAMARADAGEM" entre os próprios entes públicos que devem cuidar da nossa segurança e do nosso trânsito, imaginem como é o tratamento dispensado a nós, os meros mortais CIDADÃOS brasileiros?
    Me desculpem, mas aqui no DF o DETRAN e o DER estão extrapolando suas competências e criando uma animosidade generalizada não só entre as corporações mas entre a população em geral, pois é unanimidade a revolta que todos estão com eles.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com