quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Um COMANDANTE GERAL...

Comandante Geral da PMAL responde a jornalista que disse que ele tinha oficializado a pena de morte em Alagoas, isso porque O Comandante deu apoio ao Soldado que reagiu à assalto e matou três assaltantes dentro de um ônibus.

Deixa-me consternado abrir o computador e ler a matéria publicada em vosso site. Entristece-me, sobretudo, por ver jornalista de tamanha experiência deixando-se levar pelo rancor e a amargura, transportando-a para a ponta de sua caneta, ao tentar de forma vã jogar a sociedade alagoana contra a instituição secular que tem por missão justamente protegê-la.

Ao se dirigir a mim, senhor jornalista, o senhor está atingindo a cada policial militar que permanece dia após dia numa sagrada missão de devolver a paz ao nosso povo.

Apoiar um policial militar que decidiu voltar para o seio de sua família, ao invés de uma caixa de madeira, parece-me muito natural. Não existiu, tampouco deverá jamais existir, pena de morte. Assim como, o policial militar jamais deverá pagar qualquer pena de vida em detrimento de ações criminosas que tem feito com que muitos de nós, e quando me refiro a nós, digo todo cidadão alagoano, inclusive o senhor e eu, não voltemos para nossas famílias.

Creio que o senhor jornalista não se lembra da morte recente de um policial militar num ônibus de transporte alternativo, enquanto tentava voltar para sua família após mais um dia de missão cumprida, pena que este foi seu último dia. Os três menores infratores foram presos e levados à disposição da Justiça.

Ora, onde estava sua pena de morte neste caso?

Obviamente, na ocorrência de ontem não resta dúvida que a notícia que o senhor preferiria dar seria da morte de mais um policial em ônibus coletivo, essa aos seus olhos, parece-me, “rende” muito mais.

Pergunto também onde estava o senhor quando mais de 200 policiais militares das mais diversas atividades, sejam elas operacionais ou administrativas, foram condecoradas por seus esforços nos últimos dois anos. Houve alguma matéria sobre isso? Um comentário de vossa parte?

No último dia 04, quando o subtenente Ramos, um dos maestros da nossa banda de música, foi condecorado com a mais alta honraria do nosso Estado, a medalha do mérito “Zumbi dos Palmares”, assim como muitos outros policiais militares, não notei vossa presença no Teatro Deodoro, tampouco li qualquer notícia escrita pelo senhor em qualquer meio de comunicação.

Outro fato lamentável, que talvez demonstre sua real intenção consiste na defesa de nossa Constituição, muito embora o senhor mesmo em seu próprio artigo, momentos antes, havia rasgado a mesma ao pré-julgar e condenar policiais militares que o senhor mesmo afirma terem: torturado, matado e ocultado o corpo de Davi Silva.

Pois bem senhor jornalista, a nossa Constituição Federal, assegura a todos o direito da defesa e do contraditório, a um justo processo legal, e que ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória.

Ao asseverar que militares cometeram tal crime, o senhor atropelou o Poder Judiciário, bem como desrespeitou cada policial militar dessa corporação e, indo além, insultou muitos que em 183 anos de história doaram suas vidas para  proteger a sua e de sua família.

Valorizamos, e muito, nossos policiais abnegados do Proerd, que lutam diariamente contra as drogas e a violência nas escolas, evitando que muitos jovens pereçam por conta deste mal que assola nossa sociedade e nossas famílias. Talvez muitas das quase 40 mil crianças formadas nos últimos anos tenham sido salvas por conta deste trabalho, no entanto, infelizmente, muitas perderam suas vidas, muito por conta da ausência e leniência de seus próprios pais.

Ainda sim, nunca pude perceber sua presença em qualquer formatura do Proerd, seja na capital o no interior do nosso Estado.

Por fim, continuarei apoiando decisões corajosas por partes dos policiais, dos quais tenho a honra de comandar, custe o que custar. Nossa tropa jamais será abandonada por seu comandante. A sociedade precisa de nós, e nós temos orgulho de ser seu patrimônio.

Espero que o senhor nunca precise, mas caso um dia venha a precisar, estaremos a sua disposição para ajuda-lo da melhor maneira possível através do número 190, assim como estamos à disposição dos nossos quase três milhões de alagoanos que atendemos diariamente nos 102 municípios alagoanos.

“Para que o mal possa triunfar, basta que os homens de bem nada façam!”

Paulo Domingos de Araújo Lima Júnior - Coronel PM
Comandante-geral da PMAL

Fonte: http://www.pm.al.gov.br/

13 comentários:

  1. Falou e disse tudo coronel, parabéns e que nas reuniões de comandantes gerais das Pms transmita aos seu colegas de outras entes federativas que o bom policial deve ser apoiado em seus atos e se alguma familia tem de chorar após ocorrências assim, que não seja a do Policial . Parece que em vários estados existem uns tal CLAUDIO UMBERTO como existe aqui no DF
    Sgt Chagas !

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao Comandante Geral da Policia Militar de Alagoas. esse é um verdadeiro comandante que não se abaixa pra insultos ou provocações de quem não tem moral e competência pra falar da Policia. quiçá todos fossem assim. a PM de todo o País tem virado saco de pancada de alguns imbecís desprovidos de honra que se acham no direito de desmerecer um órgão da mais alta relevância com seus comentários insidiosos e cheios de veneno. a Policia militar não pode aceitar em hipótese nenhuma que ingerências de fora tulmutuam seu funcionamento. alguns politicos mal-intencionados e despreparados moralmente e que ganham uma Eleição acham que podem fazer o que bem entender com a PM. ledo engano. alí tem Homens e Mulheres de fibra e merecem respeito. aliás, exigem respeito. obs: quem abaixa a cabeça torna-se submisso ao seu algoz. aqui, NÃO.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS AO CMT DA PMAL, QUE PENA AQUI NO DF JAMAIS IREMOS VER UMA ATITUDE DESSAS, COMO A DESSE HONRADO CMT, TENDO EM VISTA AQUI NO DF O MEDO DE PERDER AS GORDAS GRATIFICAÇÕES FALAM SEMPRE MAIS ALTO, INFELIZMENTE.

    ResponderExcluir
  4. NÃO SE TRATA DE UM COMANDANTE GERAL BONZINHO, NEM TÃO POUCO CONIVENTE COM O MAL FEITO, MAS DE UM COMANDANTE QUE HONRA SUA POSIÇÃO PERANTE A TROPA, E QUE, DE FORMA ISENTA MAS COM FIRMEZA E JUSTIÇA, SE POSICIONA À FRENTE DE SEUS HOMENS E EXALTA A IMPORTÂNCIA DE CADA UM DELES. PARABÉNS CORONEL, É PENA QUE DENTRE TANTOS COMANDANTES GERAIS ESPALHADOS POR NOSSO PAÍS, POUQUÍSSIMOS, FAZEM JUS AO CARGO QUE OCUPAM, ENQUANTO A MAIORIA DESTES PREOCUPAM-SE PRIORITARIAMENTE EM SE OMITIREM PARA PRESERVAREM SUAS GORDAS GRATIFICAÇÕES, VENDENDO SUAS DIGNIDADES E CONSEQUENTEMENTE LEVANDO SUAS TROPAS AO DESCRÉDITO E DESÂNIMO MORAL. TENHO CERTEZA QUE TODOS OS POLICIAIS MILITARES ALAGOANOS ESTÃO ORGULHOSOS DO SENHOR.

    ResponderExcluir
  5. Eita Cabra bom tinha que ser era aqui do DF mas infelizmente não é. Estamos precisando de uns dois desses por aqui. SGT BM 16 GBM. GAMA.

    ResponderExcluir
  6. Esse jornalista não passa de um idiota.

    ResponderExcluir
  7. HÁ SE TIVESSE CEL AQUI NO DF IGUAL A ESSE , PENA AQUI SÓ GRATIFICAÇÃO E GRANDE

    ASS: TARTARUGUINHA 2015

    ResponderExcluir
  8. Caro Chadds, sabe que este tal de Cláudio Humberto veio justamente de lá Alagoas.

    ResponderExcluir
  9. Os estrelados só servem para planejar suas próximas férias para o exterior. O resto são só embuste. As estrelas da briosa não reluz em nada. Também, tão mais que certos. Tem mais é que defender suas gordas gratificações e ficar comendo na mão de um governo que não tá nem aí pra segurança pública, quiça a sua tropa. Firma falida.

    ResponderExcluir
  10. Senhores Policiais Militares do Estado de Alagoas, orgulhem-se do seu Comandante Geral, porque por aqui a prioridade são as GRATIFICAÇÕES GORDUCHAS.

    ResponderExcluir
  11. Seria importante, honroso, valoroso, dignificante e até motivador, ocorrerem declarações deste naipe aqui o DF, não somente pelo cmt geral, mas por todos os chefes e cmt's de nossa PMDF, quando a imprensa e a mídia em geral viessem a ofender nossa honra e de nossas famílias. Assim como ao ofender um subordinado, seja praça ou oficial, se ofende também ao comando, quando se ofende ao comando, desrespeita-se também ao subordinado. Na rua, somos todos um só. Na corporação, cada um é parte do "corpo". Unidos somos fortes Já não bastam as ofensas internas??? Que cada comandante se espelhe nas palavras deste inteligente coronel!!!!
    Sgt Pedro Alves

    ResponderExcluir
  12. Parabéns ao cmt da PM de Alagoas, é triste e desanimador ver que aqui no DF a resposta para todas as afrontas da imprensa é sempre a mesma "Vamos apurar".

    ResponderExcluir
  13. parabéns comandante,exemplo de espirito de comando e de respeito por seus pares,com certeza neste quartel os policiais rendem no serviço pois para ter respeito não precisa sacanear ninguém ,apenas defendam as injustiças causadas por aqueles que mal conhecem a profissão ardua de lidar e dar a própria vida para defender vidas alheias,tu es um verdadeiro comandante,não esses embusteiros ,cagões que se escondem atrás de uma porta sentado em suas cadeiras alcochoadas só esperando o expediente acabar,mero fantoche que não valoriza a instituição,deixa qualquer pau no cu,mandar e desmandar .

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com