sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

RIO: Polícia Militar muda acesso e, agora, soldado pode chegar a oficial

Ideia do comando segue modelo americano, em que se chega ao topo da carreira vindo de baixo

ANDRÉ BALOCCO
Rio - É como fazer uma revolução sem usar armas. Reivindicação antiga entre especialistas em segurança pública, a possibilidade de que praças e soldados cheguem a oficiais na Polícia Militar do Rio de Janeiro vai se transformar em realidade este ano.

A medida, na fase final de elaboração pelo Estado-Maior da corporação, permitirá, por exemplo, que um soldado, caso estude e se especialize durante sua carreira, chegue a coronel e até a comandante-geral da PM. Hoje, o máximo a que se pode chegar, quando se entra como aspirante, é a sargento ou oficial de segunda linha.

“A carreira fica mais atrativa e a polícia aproveitará seus melhores quadros”, disse o chefe do Estado-Maior, coronel Robson Rodrigues — que se tivesse entrado na PM como praça, não teria chance de chegar ao cargo que ocupa. “Teremos apenas um concurso, uma única entrada, ao contrário de hoje, em que existem dois separando praças e oficiais.”

Pela novo estatuto, que precisa ser aprovado pela Alerj, todos terão de passar pela mesma porta de entrada. Aprovados, fazem um curso básico de 27 semanas. Depois, podem optar pelo curso de oficial. “Será um curso de tecnólogo feito no Ensino à Distância (EAD), reconhecido pelo Ministério da Educação e com provas presenciais, coisa que hoje não acontece com quem se forma oficial”, continua Robson. “O policial terá mais atrativos, terá de se especializar e ganhará mais conhecimento.”

Segundo o policial, o concurso para oficial da PM, que aconteceria este ano, já foi suspenso para se adaptar às novas regras.

Diretora do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (Cesec), da Universidade Candido Mendes, a doutora em Ciência Social Sílvia Ramos classificou a medida como “revolucionária.” Para ela, a reformulação na estrutura da Polícia Militar do Rio mudará os parâmetros de segurança pública do país, e tende a se espalhar por todos os estados.

“É uma reivindicação antiga. Hoje, temos duas polícias dentro da PM: a dos oficiais e a dos praças”, afirma. “É muito importante que isso comece pela polícia do Rio, até pelo simbolismo.”

Ela usa o exemplo da carreira policial nos Estados Unidos para defender a medida, e lembra que o mesmo acontece na Inglaterra. “Nos EUA, o chefe de polícia, um dia, dirigiu o carro como praça. Isso é fundamental para tornar a carreira atrativa e evitar esta separação atual, em que um jovem aspirante a tenente nunca dialogou com o soldado em sua formação. Este é um modelo que só existe no Brasil.”


Comento:

Mesmo não havendo nenhuma manifestação oficial no site institucional da PMRJ, resolvemos postar a matéria por ser de um portal de grande credibilidade.

A declaração abaixo que recebi via ZAP, está assinada por um oficial da PMDF que passou os últimos 4 anos no governo de Agnelo Queiroz, fazendo todas as maldades possíveis com a instituição e seus integrantes. Por uma questão ética, reservarei o sigilo da fonte, bem como o nome do referido oficial, que com certeza não será de difícil identificação:

“Prezados policiais militares de nossa tão estimada corporação. Sempre busquei e acreditei ser possível o avanço apresentado pela PMERJ. Poderíamos agir na vanguarda, porém alguns ainda questionam tal avanço, contudo, com coragem administrativa e política inteligente poderemos chegar lá... Valorização profissional, engrandecimento pessoal e acima de tudo uma PM comprometida com a sociedade, pois acredito nos nossos policiais, que hoje se apresentam à população de Brasília com extrema excelência!
Juntos chegaremos lá!”

Simplesmente ridículo. Será que esse cidadão acha que somos anecéfalos?

23 comentários:

  1. Saiba porque eles defendem o PT e o Governo do PT - Luís Nassif recebeu R$ 5,7 milhões e Paulo Henrique Amorim faturou R$ 2,6 milhões dos governos petistas

    [Paulo H. Amorim e Luís Nassif receberam 8,3 milhões do governo petista]
    Dois dos jornalistas mais afinados com os governos do PT e críticos viscerais do PSDB receberam — juntos — 8,3 milhões de reais em publicidade estatal.
    Luís Nassif, um dos mais qualificados jornalistas de economia do País, recebeu — no período em que o PT está no poder — 5,7 milhões de reais. Ele é um dos críticos mais consistentes do projeto tucano e um dos defensores mais frequentes do projeto petista no plano nacional.
    Paulo Henrique Amorim, que faz uma cruzada visceral em defesa dos governos do PT e uma crítica persistente e agressiva ao tucanato, faturou 2,6 milhões de reais no mesmo período.
    Leia sobre atração do PT pelos monopólios no link:
    http://www.jornalopcao.com.br/colunas-e-blogs/imprensa/governo-dilma-rousseff-gastou-r-23-bilhoes-com-publicidade-e-favorece-monopolios-de-comunicacao-23991/


    fonte: http://www.jornalopcao.com.br/colunas-e-blogs/imprensa/luis-nassif-recebeu-r-57-milhoes-e-paulo-henrique-amorim-faturou-r-26-milhoes-governos-petistas-23673/

    http://www.folhapolitica.org/2014/12/sites-petistas-sao-os-campeoes-de.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consegui perceber qualquer relação deste comentário com o texto postado. Qual seria a intenção da manifestação deste "anônimo"? Todos sabemos que, invariavelmente, os defensores do PT e do atual governo só o fazem mediante paga. Ninguém defende este governo de graça, todos os seus defensores são remunerados de alguma forma, não o fazem por voluntariedade ou convicção.

      Excluir
  2. em 09FEV2015 foi publicado: A mídia não fala que a BR entre Cuiabá e Campo Grande está fechada em protesto dos caminhoneiros que querem Impeachment da Dilma do PT.

    Veja e acompanhe este site, é de extrema curiosidade e repassem a todos seus amigos:

    http://occalertabrasil.blogspot.com.br/2015/02/a-midia-nao-fala-que-br-entre-cuiaba-e.html

    ResponderExcluir
  3. General do exército manda recado aos corruptos no governo.

    "Não queremos choros e lamúrias, não queremos arrependimentos e anistias...Preparem-se e não digam que não foram exaustivamente avisados! O recado está dado!" -TEMOS A OBRIGAÇÃO DE EVITAR UMA GUERRA CIVIL SANGRENTA, O QUE MANCHARIA NOSSA

    http://occalertabrasil.blogspot.com.br/2014/06/nao-queremos-choros-e-lamurias-nao.html#links

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este discurso já está ficando tão antigo quanto o post a que se refere!!!! Rssss... Mas bem que eu gostaria de estar militar se isto acontecesse mesmo!!! Rsss... Seria como um gozo ( de férias ) maravilhoso!!!!! Rsss... Fui.
      Sgt Pedro

      Excluir
  4. Poliglota,
    Discurso "novo" e política velha de alguns. Porque você não dá transparência a algumas coisas de interesse do praça? Tem um pessoal ai que está no governo agora e continua falando em discurso novo.
    Aderivaldo é assessor especial da SSP.
    Clayton do NCP está nomeado no governo. e tem muito mais.

    O praça precisa saber quem está no governo mas fica em rede social postando fardado como se estivesse em trabalho de rua. Quando na verdade vai é defender o governo e ficar de conversinha com a tropa.
    Faça esse favor a todos! Obrigado.


    ResponderExcluir
  5. QUERIA PERGUNTAR SE ALGUEM JA CONSEGUIU AGENDAR ALGUMA CONSULTA PELO 31906000. SÓ CHAMA E NINGUEM ATENDE. É BRINCADEIRA UM NEGÓCIO QUE TAVA FUNCIONANDO DESAFOGANDO A VIDA DO PM E DE SEUS FAMILIARES AGORA ESTAGNOU E VOLTAMOS A ESTACA ZERO.

    ResponderExcluir
  6. CARRISSIMO AMIGO POLIGLOTA, VOU OCUPAR EESE ESPACIO PARA EXTERNAR MINHA INDIGNACAO COM O CLUBE FLAMENGO TIRADENTES FUI SORCIO DESTE CLUBE DURANTE MUITOS ANOS, MESMO FREQUENTANDO SUAS DEPENDENCIAS POR POUCAS VEZES . EM 2011 SOLICITEI A MINHA DESFILIACAO DEVIDO ESTA MUDANDO PARA A ESPANHA . PARA MINHA SUPRESSA O CLUBE CONTINUA DESCONTANDO EM MEU CONTRA CHEQUE A MENSALIDADE , NAO SEI O QUE PASSA NA FOLHA DE PAGAMENTO QUE CONTINUA PERMITINDO O DESCONTO . PRA PIORAR AINDA MAIS NO MES DE FEVEREIRO DESCONTARAM EM MINHA CONTA CORRENTE A QUANTIA DE 39 REAIS SEM A MINHA AUTORIZACAO E SEM A MINHA ASSINATURA. IREI AO BRASIL SOMENTE EM JULHO CREIO QUE ATE LA SEREI LESADO POR ESSE CLUBE, O QUAL FUI SOCIO POR TANTOS ANOS A NAO SER QUE VOCE SE DISPONHA EM AJUDA- ME MEU NOME E JOSE EGILDO DA SILVA E MINHA MATRICULA 4220 -X .

    ResponderExcluir
  7. Boa proposta, tomara que um dia seja implementada na PMDF. Só espero que não surja "iluminados" com o pleito de que todas as promoções, até Coronel, seja por antiguidade. Para mim, promoção a 3º Sgt, 2º Ten, Maj e Cel, só ocorreria por meritocracia, mediante concurso interno.

    ResponderExcluir
  8. ENQUANTO A PMERJ DEMONSTRA VALORIZAÇÃO DE SEUS POLICIAIS, SEM DISTINÇÃO, AQUI OS OFICIAIS QUEREM É ACABAR COMO O QUADRO DE OFICIAIS ADMINISTRATIVOS E ESPECIALISTAS. KKKKKKKKKKKKKKKKKK. É MUITA SAFADEZA, PRA DIZER O MÍNIMO.

    ResponderExcluir
  9. Para as PMs continuarem "militar", terá que haver concessões no sentido de implantarem carreira única e de assegurarem direitos trabalhistas que outros trabalhadores já têm, como horas extras. Do contrário a pressão da imprensa e nossa, praças, desembocara na desmilitarização. Porém, desmilitarizar sob o comando do PT será desastroso, penso eu, uma vez que essa gente nos odeia.

    ResponderExcluir
  10. STF: Ministra nega reclamação sobre greve de militares da PMDF realizada em 2014

    Sexta, 13 de fevereiro de 2015
    Do STF
    A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), julgou improcedente a Reclamação (RCL) 17915, ajuizada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) sobre a greve deflagrada por policiais militares do DF no início de 2014. A ministra entendeu que a decisão do Tribunal de Justiça local, que encaminhou o assunto para a primeira instância, não violou entendimento da Suprema Corte.


    Entre janeiro e fevereiro de 2014, decisões individuais de desembargadores do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) determinaram o fim do movimento grevista conhecido como Operação Tartaruga, sob pena de multa diária de R$ 100 mil às entidades representativas da categoria. Em abril, a decisão foi revisada pela Primeira Câmara Cível do TJDFT, que declinou da competência para julgar o caso.

    O colegiado determinou a remessa dos autos a uma das varas de Fazenda Pública do Distrito Federal, o que motivou a reclamação apresentada ao STF. De acordo com o MPDFT, o tribunal local contrariou entendimento do STF firmado no julgamento dos mandados de injunção (MI) 708 e 670. Na ocasião, o Supremo fixou, de forma vinculante, a competência de tribunais para julgar direito de greve de servidores públicos.

    Ao decidir a reclamação, a ministra Cármen Lúcia indicou que o caso específico não trata de direito a greve de servidores públicos, mas sim de vedação a greve de militares imposta pela Constituição Federal (artigo 142, parágrafo 3, inciso IV, combinado com o artigo 42, parágrafo 1º).

    “O militar, portanto, não apresenta condição jurídica de servidor cujo direito esteja inviabilizado pela ausência de norma regulamentadora de direito constitucionalmente assegurado, não tendo sido beneficiado pelas decisões proferidas pelo Supremo Tribunal Federal nos Mandados de Injunção 670 e 708”, apontou a ministra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto é MILITARISMO. Quando parece que está respirando por aparelhos renasce das cinzas. Acordem meu povo. Este sistema esta falido para um modelo de policia e respeito ao profissional de segurança publica. Não vamos renascê-lo.

      Excluir
  11. Parece coisa do rei que perdeu a selva, ou melhor o retiramos da selva que ele pensava ser rei .

    ResponderExcluir
  12. Boa noite a todos!Que bom que a nossa coirmã deu o primeiro passo,inda que seja para tentar parar projetos e desmilitarização,mias pelome nos,eles já mostraram que e sim possível mudar e melhorar para todos.Mas infelizmente nem todos que estão,na condição de comando e não de comandado,terá esta coragem de ir contra a vontade e vaidade,daqueles que insiste em permanecer na contra mão da modernização das policias militares no Brasil,mas eles não terão como impedir pois o primeiro passo já foi dado pela PMRJ,parabéns aos nobres colegas e muita sorte na aprovação dessas mudanças,tardias mas necessárias,um grande abraço a todos os policiais da Gloriosa PMRJ.

    ResponderExcluir
  13. Pois bem, pode me chamar de desconfiado... pessimista e etc, mais convenhamos!! Esse sistema dotado de "limitarismo" por si só nos condiciona a pensar e principalmente ser assim... porém, o mais justo e tratarmos com FATOS e principalmente termos cuidados com fontes ainda não oficiais sobre tais tema, ainda mais um dessa magnitude. Portanto, como bem informado na postagem ainda não existe nada "oficial", seja no site da própria PMERJ ou até mesmo alguma previsão na Câmara Municipal sobre o tema. Sendo assim, nos resta aguardar e continuar buscando tal informação para que essa não se torne uma "contra informação", e com isso gere mais "frustração" ao nosso meio. Vejam os links interessantes que localizei num colega de outro estado:

    http://abordagempolicial.com/2015/02/pmerj-implantara-carreira-unica-soldado-chegara-a-coronel/

    http://abordagempolicial.com/2015/02/entrevista-chefe-estado-maior-pmerj/

    Não deixem de ler os comentários.. eles são extremamente validos..

    obs: Lembre-se que qualquer Estado alheio ao DF, os tramites de alteração de lei de vencimentos, criação de plano de carreira e etc.. são totalmente diferente! Ou seja, exemplo, no Estado do RJ o tramite e extremamente "interno".. sendo assim, quaisquer matéria e estritamente tratada entre a própria PMERJ... depois SSPERJ... depois CMERJ... e GERJ. Já pelo contrário, aqui no DF.. além dos tramites internos, precisamos tentar a "sorte" com o externo que nesse caso e o "CN", nas duas casas... e por fim a confirmação da PR no seu ato presidencial. Resumindo, o que é extremante fácil nos outros 26 Estados, aqui no DF e praticamente impossível... ainda mais pelo baixo número de representantes da nossa categoria como Federal. Não esqueçam isso..

    CFP, apenas-1

    ResponderExcluir
  14. De fato, se a discussão desta proposta avançar será um passo importante para a desmistificação e dissipação do mal estar prevalecente nas corporações militares do Brasil por conta da existência de duas portas de entrada para os seus quadros. Isso, nos tempos atuais não é mais admissível. A porta de entrada precisa ser a primeira graduação para todos. Não é justa a forma atual. Não há nenhuma lógica para a permanência desse sistema de ingresso nessas instituições depois da exigência de curso superior para ingresso no quadro de praças.

    ResponderExcluir
  15. Enquanto isto na Sala de Justiça Policiais Militares dão presente ao GDF e trabalham de graça no Carnaval...

    Os policiais militares do Distrito Federal neste carnaval estão mais ” pobres”, os profissionais foram escalados para trabalhar o carnaval, muitos se voluntariaram para o serviço aguardando o recebimento do GSV.

    A mudança deixou colegas chateados, afinal pagar para trabalhar é duro, uma vez que a saída de casa para o serviço extraordinário eleva seus gastos com alimentação e gasolina num momento de crise.

    Sabemos das dificuldades que o GDF se encontra, contudo nós recebemos pelo FCDF o que nos garante direitos pela lei e a prática do serviço extraordinário deve ser banida por haver uma lei que ampara os recursos do tesouro para a área de Segurança Pública.

    Blog do Jabá

    ResponderExcluir
  16. Se verdade for, parabéns à PMERJ. Quanto à nossa PMDF, terá perdido uma excelente oportunidade de ter servido de espelho num assunto revolucionário e edificante para seus componentes, população e governo. Falo em revolução na segurança pública do DF. É isto.
    Fui. Sgt Pedro

    ResponderExcluir
  17. Bom dia co-irmãos...
    sou SD PMGO, e estou bastante animado com essa notícia, espero que sirva de exemplo para os demais estados e que possamos ter a tão sonhada carreira única... parabéns a PMERJ e que faça escola nas demais instituições.

    ResponderExcluir
  18. VMS DEIXAR DE SER IMATUROS, O GRANDE TRUNFO É A DESMILITARIZAÇÃO E NÃO ESSE, MAIS UM PALIATIVO, DE CARREIRA ÚNICA!
    VMS PENSAR GRANDE E SABIAMENTE! CARREIRA ÚNICA NÃO VAI RESOLVER QUASE NADA EM NOSSAS VIDAS!!
    PRECISAMOS DE DIREITOS QUE SOMENTE É DADOS AOS SERVIDORES CIVIS E NÃO APENAS UMA MUDANÇA TEXTUAL!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo gostaria de acreditar na pec 51, mas ela é perfeitinha demais... vamos pensar juntos? Uma pec que agrada a todos menos os delegados que por sinal são minorias... até oficial hj em dia já apoiam a referida pec, daí fui pesquisar ela foi proposta por um deputado do PT-RJ, UE PT PROPONDO ALGO QUE IRÁ BENEFICIAR MILITARES? VAMOS MAIS ALÉM EXISTE VÁRIAS PROPOSTAS QUE INCOMODAM AS AUTORIDADES TAIS COMO PEC 300 QUE FOI ESQUECIDA POR CAUSA DA PEC 51... GOSTARIA MUITO DE DEIXAR DE SER MILITAR MAS ACREDITO QUE ISSO É JOGADA DO GOVERNO PRA SEGURAR A TROPA, ENQUANTO SONHAMOS COM A PEC 51 O TEMPO VAI PASSANDO E NADA DE AUMENTO, NADA DE PROMOÇAO E ETC.

      Excluir
  19. Por aqui grande parte é contra e a grande contradição é que muitos dos oficiais que são contra entraram aqui como soldado e aproveitaram a oportunidade de chegar ao oficialato em concurso interno acho que foram 04 turmas, aí é mole ou quer mais.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com