sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

União nega ao GDF antecipação de verba; Rollemberg pede compreensão

Pedido para antecipar R$ 412 milhões foi negado nesta terça, diz Doyle. Déficit identificado é de R$ 3,1 bilhões, mas deve chegar a R$ 3,6 bilhões

Foto: Internet
O que a gente pede é um pouco de compreensão. Nós herdamos uma situação muito difícil, não é responsabilidade nossa e estamos tomando todas as providências para que semana que vem seja efetivado o pagamento dos servidores da saude e da educação" Rodrigo Rollemberg, governador do Distrito Federal.

O chefe da Casa Civil do DF, Hélio Doyle, afirmou nesta quinta-feira (8) ao G1 que o governo federal negou a antecipação solicitada pelo GDF da parcela do Fundo Constitucional para pagar os salários atrasados de servidores da saúde e educação. De acordo com Doyle, a resposta foi dada ao governo do DF na noite da última terça-feira (6).

Para ajudar no saneamento das contas e garantir o pagamento dos trabalhadores, o GDF pediu ao governo federal antecipação de R$ 412 milhões do Fundo Constitucional. Na segunda (5), membros do governo local se reuniram com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Na terça (6), o encontro foi com o chefe da Previdência, Carlos Gabas.
O Fundo Constitucional é uma verba repassada pela União destinada ao pagamento de funcionários da saúde, educação e segurança pública. De acordo com a assessoria do GDF, a regulamentação do fundo prevê o pagamento em duodécimos (uma parcela por mês) e não pode ser antecipado. Para este ano, o valor do fundo repassado da União para o GDF é estimado em R$ 6 bilhões.


Segundo dados apresentados nesta terça pelo secretário de Fazenda, Leonardo Colombini, a nova gestão já identificou um rombo de R$ 3,166 bilhões, herdado da gestão anterior, mas prevê chegar ao fim do mês devendo R$ 3,519 bilhões.
Por causa desse cenário, o GDF não efetuou o pagamento dos servidores previsto para esta quinta-feira (8). A nova previsão, segundo o governo, é que os salários sejam pagos até o fim da próxima semana.

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, pediu nesta quinta compreensão aos servidores com salários atrasados. " O que a gente pede é um pouco de compreensão. Nós herdamos uma situação muito difícil, não é responsabilidade nossa e estamos tomando todas as providências para que semana que vem seja efetivado o pagamento dos servidores da saúde e da educação", afirmou, durante cerimônia de posse do novo diretor-geral da Polícia Civil.

Caixa zerado
De acordo com o secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização, Antônio Paulo Vogel, o total de servidores da saúde e da educação com algum atraso salarial de 2014 chega a 117 mil.
Segundo balanço preliminar do GDF, em janeiro as despesas chegam a R$ 2,44 bilhões, mas a receita prevista é de apenas R$ 2,09 bilhões. A diferença de R$ 330 milhões, segundo o governo, é explicada pelos salários e benefícios que ficaram pendentes do ano anterior.
Como o caixa está “zerado”, a diferença passa a integrar a dívida pública e continua sendo acumulada, em uma espécie de "efeito cascata".

Levantamentos
Os R$ 3,16 bilhões de compromissos pendentes de 2014, segundo o GDF, incluem salários de novembro, parcela de férias, 13º salário e gratificações de Natal de servidores da saúde e da educação. Os empenhos não pagos (conhecidos como "restos a pagar") somam R$ 1,021 bilhão.

Para janeiro, os compromissos "conhecidos" pela administração pública chegam a R$ 2,445 bilhões. O valor inclui parcelas de pagamento da dívida pública (R$ 25,1 milhões) e de precatórios (R$ 21 milhões).
As folhas de pagamento da saúde, da educação e da segurança, que são pagas com o Fundo Constitucional, somam R$ 1,26 bilhão. O pagamento de outras áreas, com recursos vindos do Tesouro local, representa R$ 300 mil do valor total. Ao "custeio da máquina" é atribuído um custo de R$ 600 mil.

Fonte: Portal G1DF, por Isabella Calzolari 

4 comentários:

  1. E o Agnelo não vai ser responsabilizado por tudo isso que está acontecendo não? Paísinho safado esse!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. SE FOSSE NUM PAÍS SÉRIO ESSE VERME BARBUDO JÁ ESTARIA PUXANDO UM PAPUDÃO.

    ResponderExcluir
  3. Se o governador fosse do PT( partido dos trambiqueiros) a dona Dilma já tinha arrumado o dinheiro,mas como é oposição eu quero é que se exploda!Agora, outra safadeza gigante é funcionário do GDF pegando dinheiro emprestado do BRB para pagar as contas.Se o banco é do GDF e tem dinheiro é só pegar e pagar o pessoal com esse dinheiro!!! caramba véi, a china, coréia do norte, cuba estão anos luz na nossa frente.É de revoltar,mas a quem interessa o caos? começa com P e termina com T.

    ResponderExcluir
  4. CFSD1995 - REFORMADO11 de janeiro de 2015 18:39

    O Rollemberg vai fracassar, e sabem por quê?
    Porque ele também é da esquerda, e vai proteger(pelo menos é o que está demonstrado até agora) o seu colega barbudo da esquerda.

    Para que isso não ocorra, é preciso que o governo dele mostre ao DF e ao Brasil todas as podridões do Agnelo, e isso ele não vai fazer.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com