quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Não existe mágica. Existe prática!


Não existe nenhum plano ou programa para segurança pública que funcione bem sem que seu principal executor esteja motivado para isso. A eficácia das medidas de reforço do Pacto Pela Vida passa, necessariamente, por reajustes dos salários dos policiais civis e militares.

“É impressionante como eles pensam em todos os detalhes e esquecem que somos nós que vamos às ruas combater o crime. Somos nós quem arriscamos nossas vidas para diminuir o número da violência e garantir o sucesso do Pacto pela Vida ”. Essa frase foi dita pelo Presidente da ASPRA-PE, José Roberto Vieira, Estado piloto do programa lançado pelo falecido governador Eduardo Campos.

Lançado em 2007 em Pernambuco, o Pacto Pela Vida teve uma alavancada no combate ao crime e na redução dos índices de homicídio. No entanto, passados 7 anos de seu lançamento, a falta de investimentos e valorização do profissional de segurança já coloca em risco o andamento do programa, que teve um crescimento no número de homicídios de 9,5% no Estado.

No final do ano passado a Associação dos Delegados de Pernambuco ADEPPE emitiu nota (veja aqui), criticando o descaso do governo com os profissionais da área e a falta de motivação para o bom andamento do programa, assim como as falhas que ora apresentam.
Em Brasília, onde a intenção do Governo e da Secretaria de Segurança Pública e Paz Social é investir no programa piloto de Recife, encontrará uma barreira já no seu planejamento. Os integrantes das forças de segurança pública estão vivendo os mesmos dilemas dos colegas de Recife. Sem incentivo nos últimos quatro anos ( o Projeto de Reestruturação, promessa de campanha do governo anterior, não foi cumprido e sequer saiu do papel) e que levou a uma Operação Tartaruga jamais vista no DF, a desmotivação para a execução de qualquer programa de combate à violência pode ficar comprometido. Com isso, recaem sobre a população as conseqüências e que já são visíveis com o aumento da criminalidade, principalmente aqueles cometidos contra a pessoa.

O Bom Dia Brasil, da Rede Globo, divulgou em sua edição de hoje (14) a preocupação da população com o que está evidente no DF. Os 140 mil crimes cometidos ano passado refletem a sensação de insegurança porque passa a cidade. Uma das principais causas citadas por especialistas na área é a falta de gestão nos órgãos de segurança e a inexistência de integração entre as polícias.

Uma coisa é fato: A sociedade não está mais à mercê de governos incompetentes e ações experimentais. Ela quer fazer jus aos impostos que pagam e as obrigações que a Constituição Federal impõe aos Estados e governos para que a segurança seja fator essencial em seu dia-a-dia.

Vamos torcer para que o novo governo tenha sucesso em suas ações e planejamentos, mas antes de tudo, esperamos que do governo uma visão macro onde entenda, definitivamente, que qualquer sucesso depende exclusivamente da valorização da mão de obra qualificada e que tenha austeridade para colocar nossa capital no patamar de onde nunca deveria ter saído, mesmo que para isso tenha que cortar na própria carne.

Estamos de olho...


Por Poliglota...

4 comentários:

  1. - SEM MOTIVAÇÃO NAO TEM PALNO NENHUM QUE RESOLVA A SITUAÇÃO DA SEGURANÇA PUBLICA DO DF.
    - AS CORPORAÇÕES ESTAO DESMOTIVADAS
    - PROMESSAS DESDE NOVO GOVERNADOR NAO VAI SAIR DO PAPEL
    - CUPULA DE SEGURANÇA PUBLICA E MESMA DO GOVERNO AGNELO NAO VAI A LUGAR NENHUM
    - VAI CONTINUAR A MESMA COISA
    - ESTE PLANO E MESMO DE AGNELO APENAS PARA EMPREGAR ALGUNS DELEGADOS E CORONEIS.
    - SEGURANÇA PUBLICA PRECISA DE UM NOVA GESTAO E PONTO FINAL
    - DANIEL LOROTA FOI BEM CLARO HOJE NO DFTV GESTAO E O QUE ESTA FALTANDO NAS POLICIAS DO DF

    ResponderExcluir
  2. Sabe o que me deixa mais puto além da grande perda do colega Honda morto ontem? É que nesse exato momento, as visitas dos presos estão garantidas, estão usando os "parlatorios" para embuchar suas companheiras, estão comendo bem, com direito a suquinho e todinho e sua maior preocupação é saber que horas vão usar as drogas que entraram nas cavidades de suas visitantes, droga esta que entra devido a exigência de afrouxamento das revistas as visitantes feita pelo MP. Enquanto isso, um pai, uma mãe enterra um filho. O lado do bem perde um guerreiro e o do mal ganha um mártir matador de "puliça". País maldito, de valores invertidos, onde a luta é diária para não virar bandido diante de tantas proteções e incentivos. Quem é direito é sobrevivente. Não posso mandar meu filho comprar uma carteira de cigarro na padaria da esquina porque a lei proíbe, mas aqueles vagabundos do CAJE tem acesso ao cigarro. Meu filho de 17 anos não pode ir num motel, mas aqueles vagabundos tem acesso a visitas íntimas. Escolas sem lanche para as crianças, mas preso com 4 refeições por dia com direito a suquinho, todinho e pãozinho com queijo. São 45 mil caixas de suco POR DIA. Difícil, cara! Olha pro meu filho e reflito. Mas não vejo solução, não vejo caminho. A única coisa que nos resta, é proteger uns aos outros e se apegar em Deus. Todos, governo, sociedade, são contra nós da segurança pública. As vezes até nós somos contra nós mesmos. É unir, apertar a mão do irmão ao lado, independente de corporação, e ir à caça para tentar SOBREVIVER!

    ResponderExcluir
  3. CONCORDO PLENAMENTE COM VOCE AMIGO, ENQUANTO ESSES SAFADOS ESTAO NA MAIOR MORDOMIA NO HOTEL PAPUDA ; OS FILHOS, A ESPOSA E OS AMIGOS DAS VITIMAS ESTAO PASSADO PRIVACIDADE E SOFRENDO . MEU DESEJO E COLOCAR CHUMBINHO E OUTROS REMEDINHOS NO ALIMENTO E NA AGUA DESSES SAFADOS .

    ResponderExcluir
  4. meus amigos, sinto interferir no comentário dos senhores, pois corrijo o detalhe de que os menores apreendidos tem SEIS REFEIÇÕES DIÁRIAS, SITO: café da manhã, depois um lanche, almoço, lanche da tarde, jantar e por ultimo uma ceia.... contaram.... dai uma pergunta o seu filho tem esse privilegio ... há e tudo acompanhado de nutricionistas....

    esse é o nosso Brasil......

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com