domingo, 9 de novembro de 2014

ENTREVISTA // Alberto Fraga: discurso forte e polêmico

“Agora é batalhar para que todas as propostas sejam aprovadas”, diz Alberto Fraga.

João Alberto Fraga Silva, 58 anos, mais conhecido como Fraga (DEM), foi o deputado federal eleito mais bem votado, com 155.056 votos, o que corresponde a pouco mais de 10% do eleitorado. Fraga disse que recebeu o resultado das urnas com naturalidade e prometeu continuar defendendo pauta relacionadas à segurança pública. O seu discurso forte, baseado na segurança pública, é sem dúvidas o carro-chefe de sua trajetória política. Fraga é coronel da reserva da Polícia Militar do DF. Esse será seu quarto mandato de deputado federal. Ele que também já ocupou o cargo de Secretário de de Transportes do DF, nas eleições de 2010 tentou uma vaga para o Senado, mas não foi eleito.

Na Secretaria de Transportes, Fraga desenvolveu ações com objetivo de moralizar e modernizar o sistema de transporte público do DF. Fraga nasceu em Estância, Sergipe. Mais bem votado no DF diz que vai continuar defendendo mais segurança. O parlamentar garante que quer continuar trabalhando pelo setor. Na vida pública defende pautas polêmicas como a redução da maioridade penal e o fim do benefício de saídas temporárias para presidiários em datas especiais.

O senhor foi o deputado federal mais bem votado no DF. Como foi receber essa notícia?
Eu trabalhei muito para isso e esperava um bom resultado. Com naturalidade fiz um trabalho consistente, uma campanha limpa e bonita. Esperava ter uma votação expressiva, pois minhas propostas eram coerentes e são defendidas pela sociedade há algum tempo. Agora é trabalhar duro para que todas sejam aprovadas e sancionadas. Eu queria agradecer aos meus eleitores e dizer que eu sempre fui fiel e coerente com minhas propostas.

Quais serão suas prioridades em seus primeiros dias de mandato?
Vou organizar meu plano de trabalho para saber quais os caminhos que vou percorrer. Uma das prioridades será acabar com a maioridade penal. Já nos primeiros dias começarei a buscar assinaturas nas ruas e na internet. Como o nosso candidato a presidente da República, Aécio Neves (PSDB), perdeu precisaremos fazer uma grande mobilização para que o projeto seja colocado em votação no Congresso Nacional.  Ele era um dos maiores apoiadores da proposta. O PT deixou claro que é contra a discussão do tema, então vou precisar do apoio popular para colocar o assunto na pauta de discussões.

Reconhecido como especialista em segurança pública, como pretende trabalhar a questão aqui no DF?
Serão várias vertentes. Se melhorarmos o ordenamento jurídico e a legislação é evidente que a segurança pública do Distrito Federal irá melhorar. A legislação é nacional por exemplo, se conseguir acabar com o saidão a lei irá valer para todo o Brasil. Com o fim do saidão vamos evitar que os bandidos que deveriam estar na cadeia cometam crimes nas ruas.  Essa é uma das minhas principais bandeiras. Pessoas que são reincidentes e que tenham vasta ficha criminal não podem continuar andando pelas ruas livremente, colocando a vida do cidadão de bem em risco. Lugar de bandido é na cadeia.

Como pretende acabar com os saidões dos presos perigosos?
Alterando a lei de execuções penais. O preso não tem mais medo de ser preso porque sabe a quantidade de benefícios que recebe após a condenação. Temos que encarar esse problema ou então teremos que conviver com o aumento da violência. Hoje o que vemos é o cidadão de bem preso dentro de casa e os bandidos soltos nas ruas, os papeis estão invertidos. Isso não pode continuar.

Porque acredita que a maioridade penal acabará com a impunidade do menor infrator?
Em Brasília, 30% dos crimes contam com a participação de um menor infrator e a cada uma hora um menor é apreendido cometendo um delito. Não tenho dúvida que a punição irá inibir a participação de menores nos crimes ou que assumam determinados delitos. Em alguns casos o menor assume o crime, pois não serão punidos. Não acredito que as medidas socioeducativas seja uma punição. Defendo que se um menor cometer um crime e tiver consciência do que fez seja punido como um adulto. Chega de passar a mão na cabeça de bandido. Viramos reféns do medo.

O que acha sobre o porte legal de armas?
Sempre defendi que o cidadão de bem tenha o direito de comprar uma arma para ter dentro de casa e defender sua família. Estamos falamos de posse e não de porte. A posse tem que ser permitida para todo cidadão de bem que queira defender sua propriedade, sua família e a sua própria vida. O porte não defendo. Uma pessoa portando uma arma se envolve em uma briga de trânsito e pode causar uma tragédia em um momento de descontrole emocional. O cidadão de bem, trabalhador e sem ficha criminal pode comprar uma arma e se quiser usar nas ruas terá que seguir os requisitos previstos no estatuto do desarmamento.

O senhor foi secretário de Transporte no governo de Arruda. Quanto a esse setor, o que pretende fazer para melhorar?
Quando fui secretário de Transportes fiz todas as mudanças necessárias. Todo o processo de desenvolvimento do transporte urbano foi desenvolvido durante minha gestão. Implantei o bilhete eletrônico, coloquei os primeiros ônibus com acessibilidade, colocamos TVs dentro dos ônibus, criamos os corredores exclusivos, passe livre estudantil e acabamos com os aumentos anuais das tarifas de ônibus. A primeira licitação foi realizada na minha gestão, diferente do que o governo PT fala. Tiramos das ruas uma frota com idade média de doze e deixamos uma com menos de três anos. Agora é papel do governo que vai assumir cuidar do sistema público de transportes.

O DF tem áreas carente de atenção. A saúde, por exemplo, é uma delas…
A saúde passa por um problema de gestão. Dinheiro nunca faltou para o setor no DF. Boa parte dos recursos que a saúde e educação recebem são custeadas pela Fundo Constitucional. O que quero fazer e destinar emendas às áreas para ajudar na parte de recursos, caso seja necessário. Agora a gestão precisa ser feita pelo Governo do Distrito Federal com apoio dos deputados distritais.

Quais as pretensões na vida política para 2018?
Não posso adiantar absolutamente nada. Vai depender do sucesso do mandato e saber o que a população quer. Não adianta ser candidato de nós mesmos. A decisão só será tomada daqui algum tempo. O caminho natural seria o Senado ou quem sabe o governo. Agora a prioridade é trabalhar e aprovar minhas propostas de campanha e honrar cada voto de confiança que recebi. 

O que espera do governo Rollemberg?
Espero que o governador eleito cumpra o que ele prometeu na campanha. É claro que vou posicionar, mas tenho que dar um tempo para que ele possa fazer um trabalho. Vale ressaltar que Rollemberg irá assumir um governo com muitos problemas. Se ele não cumprir os compromissos que assumiu irei para a oposição fazer as críticas necessárias, mas com responsabilidade. O político não é obrigado a prometer nada, mas depois que se compromete precisa cumprir. Rollemberg afirmou que faria um governo diferente que acabaria com a corrupção e coisas erradas. Vou aguardar o início do governo e é evidente que vou fiscalizar e o que estiver errado irei denunciar.

Fonte: Blog do Callado – 09/11/2014

17 comentários:

  1. NÃO VOTEI NO FRAGA MAS SERÁ O ÚNICO REPRESENTANTE DA PM NESSA LEGISLATURA E EM AMBITO FEDERAL QUE ERA O QUE MUITA GENTE TAVA QUERENDO.AGORA É ESQUECER O PASSADO JÁ QUE AS ELEIÇÕES ACABARAM E COMEÇAR UM NOVO TRABALHO DE FORTALECIMENTO DE NOSSA TROPA.ESPERO QUE O DEPUTADO NÃO SAIA DE SEU GABINETE PARA ASSUMIR NENHUMA SECRETARIA IGUAL FEZ NA ULTIMA VEZ E JUNTAR FORÇA COM O POLIGLOTA QUE FOI O MAIS VOTADO DA PM E DO PARTIDO DELE PARA COBRAR DESSE GOVERNO AS PROMESSAS QUE NÃO FOREM CUMPRIDAS.

    ResponderExcluir
  2. sinceramente, não espero nada desse Fraga, nenhuma expectativa dele, 4 mandato, e os outro 3, perguntem como foi para nos...

    ResponderExcluir
  3. É mais fácil o Xerecao casar com a Iris Valverde, do que Fraga cumprir alguma promessa feita!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Esse é o nosso maior grande mal. Criticamos mas nada apresentamos.Não sou defensor desse Fraga, mas convenhamos que é a única coisa que nos sobrou, mas em vez de nos aliarmos ao mal necessário achamos melhor criticar e meter o pau. O que queremos realmente? Não queríamos um deputado federal? Taí! Pode não ser o melhor, mas é o que temos para o momento. O cara foi eleito sem votos da PM e querendo ou não é policial militar e agora? Vamos sentar a taca no cara de novo? Por isso que o PM nunca anda pra frente. Já viram a PCDF? Laerte Bessa foi de carona com os votos do Fraga e quem quer apostar que vai fazer muito mais pela PCDF do que pela PM? Babacas foram aqueles PMs que votaram no Bessa achando que ele vai brigar por PM.Acorda troipa, já estamos bem velhinhos pra ficar acreditando em conto da carochinha. Alírio Neto teve mais de 70 mil votos e não foi e aí? Ou colamos no cara ou vamos nos ferrar mais ainda por esses longos 4 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O praça que gosta de sofrencia pode ir atrás do deputado,pra mim já basta saber que ele não é muito chegado em praças.

      Excluir
    2. ACORDA POLÍCIA. É POR ISSO QUE CONTINUAMOS SENDO ANALFABETOS POLÍTICOS. VAI ATRÁS DE ROLEMBERG?

      Excluir
    3. A maioria de nós, só sabe chorar, reclamar, cuspir no prato e nada mais.

      Excluir
  5. QUEM TEM QUE DIZER PARA QUE VEIO E ELE POIS PARA A CLASSE POLICIAL O QUE ESPERAMOS E SO BALELA DELE MAS SE QUE FAZER DIFERENTE PENSANDO EM ALGO MAIOR EM 2018 TERA QUE CONVENCER A CLASSE POLICIAL POIS COMO CABOS ELEITORAIS DENTRO DE UMA ELEIÇÃO MOSTRAMOS QUE TEMOS PESO POR MAIS DESUNIDOS QUE SOMOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós só temos união quando é para destruir, para construir não temos, um bom exemplo tá aí, não elegemos o Poliglota, mas destruímos o Agnelo.

      Excluir
  6. em sua entrevista o que ele falou para PMs e BMs? nada,então é isso não teremos nada..nadica de nada dar para entender ou preciso desenhar?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. TRABALHEI COM FRAGA QUANDO ELE ERA CAPITAO, O CARA TEM UM IDEAL, UMA BANDEIRA ; NAO GOSTA DE BANDIDO, NEM DE PM RELAXADO E FROXO, TEM ORGULHO D SER P M E NAO SE ESCONDE NO TIROTEIO, O CARA NAO FOGEM DA BRIGA PARA ELE LUGAR DE BANDIDO E NA CADEIA OU NO CEMITERIO . SEMPRE VOTEI EM FRAGA PORQUE EU TAMBEM TENHO ORGULHO DE SER P M E NAO GOSTO DE BANDIDO NEM DE PM RELAXADO E FROXO.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seja INGÊNUO ANÔNIMO DE 12:01, O REGULAMENTO E A LEI SÓ EXISTE PRA PRAÇA, TEM UM MONTE CASOS QUE OFICIAL VEZ TODA A MERDA E TÁ AÍ SENDO PROMOVIDO E QUEM TAVA JUNTO NA OCORRENCIA FOI PRA RUA, SEJA, É MELHOR SER FROUXO CONSERVANDO O EMPREGO DO QUE SER FODÃO NO OLHO DA RUA, É CADA UMA ! É CADA COMPARAÇÃO

      Excluir
  8. O Q O FRAGA FEZ PELA POLICIA?

    ResponderExcluir
  9. é amigo das 12:01, vc fala muito em PM relaxado e frouxo, ser herói e valentão meu amigo, não levam comida para minha casa e nem pagam minhas contas, mas sim um salário digno, conheço muitos como vc, todos estão sempre lá na auditoria ou na corregedoria, e em quartéis fazendo rifas, se me lembro bem todos aqueles em que se envolveram nos ideias do FRAGA quando ele era cmt na ceilandia perderam seus empregos e sua famílias, acorda amiguinho, a sociedade e o governo só querem pseudo heróis e valentões como vc para jumento de carga e bode expiatório...

    ResponderExcluir
  10. MUITO MAIS QUE TU, QUANDO NA ATIVA, HONRAVA A FARDA, NAO FUGIA DAS OCORRENCIAS, COMBATIA A CRIMILALIDADE, TIRAVA EXTRAS JUNTOS COM OS PRACAS SEM RECEBER POR ISSO, NA NOSSA EPOCA NAO TINHA VOLUTARIO REMUNERADO NAO ; ERA SERVICO EXTRA E 24/48 OU 12 / 24 , ERAMOS REPEITADOS POR NOSSOS SUPERIORES E PELO O CIDADAO DE BEM E TEMIDO PELOS OS BANDIDOS ; OS PEBAS , OS MALAS DA SAMAMBAIA E DA C.I SABIAM GUANDO ESTAVAMOS DE SERVICO E SE ESCONDIAM, NAQUELE TEMPO TINHA PM QUE ERA POLICIA COM P MAIUSCULO . ORGULHO DE SER PM .

    ResponderExcluir
  11. CFSD 1995 - REFORMADO - 200511 de novembro de 2014 20:03

    Votei no Fraga, não exatamente pelo que ele fez(não fez) pela PMDF, mas porque a exemplo de Bolsonaro, é um dos poucos parlamentares que ainda tem coragem para peitar a petralhada no Congresso Nacional.
    Não custa lembrar que, Fraga foi a maior voz contra o desarmamento do cidadão de bem no REFERENDO DE 2005 feito pelo PT/Lula e pela mídia e entidades esquerdistas; e com sua campanha praticamente solitária contra o desarmamento, mesmo que por algum outro interesse que não só defender o cidadão, conseguiu convencer o cidadão brasileiro de que era uma tremenda furada votar a favor do desarmamento. Então, o "NÃO" venceu, e o cidadão de bem, mesmo com inúmeras restrições, ainda consegue comprar arma para defesa pessoal, infelizmente restrita, via de regra, ao ambiente doméstico.

    Não custa lembrar também que, nessa época, em 2005, o PT/esquerda etc já haviam tentado emplacar em Lei proibição a policiais de portarem armas em suas folgas. Mais uma vez, FRAGA e outros parlamentares gritaram no Congresso Nacional contra esse despautério.

    Por esses motivos, votei em FRAGA em 05 de outubro. A situação do Brasil está tão ruim que, pensar só em termos corporativos-institucionais já não é mais a melhor opção, infelizmente.

    As forças do mal(PT/esquerda) estão avançando apressadamente e muitos estão apenas preocupados se a pauta corporativa foi ou não atendida. Acreditem, infelizmente, gostando ou não, temos que lutar junto de quem ainda tem coragem de remar contra essa maré esquerdopatizante, que já está em curso no Brasil. Quem pensar diferente, logo, logo, estará apenas lutando para que o PT não faça da PM uma mera força auxiliar das milícias vermelhas/bolivarianas, como já ocorre na Venezuela, cujo modelo o PT está copiando. E então, podem esquecer projeto de estruturação, graduações, patentes etc, pois não passaremos de serviçais coordenados por capangas cubanos, repito, como está acontecendo na Venezuela, onde agentes do regime cubano orientam como empregar os últimos vestígios das antigas forças policiais ali.

    ACREDITEM SE QUISER, mas é isso que está acontecendo hoje na Venezuela, cujo modelo como disse, está sendo copiado pelo PT.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com