terça-feira, 24 de junho de 2014

Os Reis dos outdoors e o jeitinho de burlar a lei

Ultimamente quem tem andado pelas ruas do Distrito Federal se surpreende com a quantidade de outdoors espalhados pelas cidades. O motorista se depara com tanta gente estranha e esquisita, que parecem “saídas do nada”. Essas pessoas que se consideram "públicas" não têm limites quando o assunto é a autopromoção.

O cardápio dos outdoors é completo as "celebridades", que divulgam programas de rádios, clínicas de estética, escritórios de advocacia e até matérias publicadas em jornais e revistas que ninguém sabe de onde saiu, pois não as leu. Mas a verdade, verdadeira,  por trás de tudo isso está a pretensão eleitoral. As nossas “celebridades” das placas são candidatos a alguma coisa nas eleições que estão por vir. Os outdoors são um jeitinho brasileiro que elas encontraram para se mostrar para o eleitorado de Brasília, antes do período permitido pela lei eleitoral. 

Os pretensos políticos querem o seu voto e essa é maneira de ser vistos e lembrados. Uma verdadeira lavagem cerebral e poluição visual. Essas figuras que debutam nos gigantes e caros painéis espalhados pela cidade já começaram as suas carreiras políticas com o pé esquerdo. Ou seja, burlando a lei.  E o pior é que, elas, na campanha vão pedir o seu voto e promoter fazer leis que vão melhorar o seu dia a dia.

As ditas figuras já começam sendo apenas, mais do mesmo. Fazer campanha fora do período regulamentado pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF(TRE-DF) é considerada uma irregularidade eleitoral, que está sujeito a multa que vai de R$ 5 mil a 25 mil ou até mesmo impugnação da futura candidatura. 

Os aspirantes a político que espalham os enormes e caros outdoors no DF, na verdade, estão burlando a lei. A maioria se  esquece que voto é conquistado gastando sola de sapato com propostas e compromissos com o eleitor. Além, é claro, de dando bons exemplos.

A solução para quem quer dá um jeito de burlar a lei não há. Mas há uma luz no fim do túnel. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral(TSE), Ministro Dias Toffoli, no dia 25 de abril de 2013, declarou que a pré-campanha tem que ser regulamentada no Brasil. Concordo, pois considero que apenas três meses de campanha não é o suficiente para que um candidato apresente suas propostas à toda uma sociedade como a nossa, grande e complexa.

O tempo, a meu ver, é insuficiente para colocar o nome do candidato para a apreciação da sociedade. Assim, ficaria claro o que pode e não pode nos meses que antecedem a campanha propriamente dita. Ninguém é inocente, e a pré-campanha come solta há muito tempo, já virou uma cultura eleitoral, infelizmente. 

A regulamentação da pré-campanha ajudaria a inibir as celebridades espertinhas dos outdoors.

Para encerrar essa postagem, quero lembrar que “o golpe” nem sempre funciona, pois eu conheço uma dessas celebridades instantâneas de período pré eleitoral e aspirante a político, que usa desse artifício há três ou quatro eleições e até agora não conseguiu ser eleito. Será que dessa vez vai? A resposta vou deixar para as urnas, se a justiça eleitoral não se antecipar. 

Por Odir Ribeiro

Fonte: Redação-Blog Radio Corredor

4 comentários:

  1. CUIDADO COMPANHEIROS COM OS CANDIDATOS PMS QUE SÃO IGUAL COPA DO MUNDO SÓ APARECER DE 4 EM 4 ANOS

    ResponderExcluir
  2. Não seria o caso de se ajuizar uma ação popular (não sei se caberia tal ação) denunciando estes pretensos candidatos? Ontem mesmo estava comentando sobre isso com um amigo. É um absurdo essa propaganda descarada. Algo tem que ser feito.

    ResponderExcluir
  3. Quero é novidade.Até na Pm já tem os espertinhos fazendo gracinhas.Ontem eu estava de serviço na FanFest e me chega um lanchinho com um cartão de um pré candidato.Me senti um lixo.um tal isaac qualquer coisa.Aí é sacanagem.Claro que nem o lanche comi com medo de indigestão

    ResponderExcluir
  4. FOI DISTRIBUIDO LANCHE NA FAN FEST E EU PORQUE NÃO FUI CONTEMPLADO, ESTAVA NO PADRÃO FIFA, DA UMA FORÇA AI.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com