sexta-feira, 14 de março de 2014

Mais um Posto Policial incendiado. É o 4º caso fruto de vandalismo.

Dessa vez foi em Santa Maria. Mais um Posto Comunitário de Serviço, conhecido como PCS da PMDF foi incendiado na madrugada dessa sexta-feira. Em 18 dias é o 4º caso. Segundo informações, não havia policiais no local no momento do incêndio e ninguém ficou ferido.

Até quando vamos continuar assistindo a petulância de marginais? Na maioria das vezes esses atos são praticados por menores, encobertos pela legislação atrasada e arcaica, e usam e abusam desse benefício para causar as mais variadas atrocidades, contra cidadãos e patrimônios públicos, frutos de nossos pesados impostos.

A primeira ocorrência de posto incendiado é do dia 25 de fevereiro, em Planaltina. Na semana passada, uma unidade do Itapoã foi completamente consumida pelas chamas. Depois, um posto que fica na quadra 29 do Paranoá foi depredado e só não ficou destruído porque os bombeiros chegaram a tempo de apagar o princípio de incêndio.


Por Tenente Poliglota...

6 comentários:

  1. Até quando vamos continuar assistendo a petulância dos marginais?até quando?,vou responder: até o nosso congresso cheio de vermes,ladões,corruptos,mudarem a leis ,que prendam os manos!

    ResponderExcluir
  2. Continuo na TARTARUGA. BPTRA,CPRV,ROTAM,GTOP... O CONTRA - CHEQUE DE VOCÊS DEVEM ESTAR BEM GORDINNHOS NÉ.!??!!?? Memória curta,ou falta de vergonha na cara??? Os oficiais ganharam um ótimo aumento,então eles que corram atrás de bandido,traficante... Continuo na legalidade.

    ResponderExcluir
  3. Caros leitores, se comentar serei preso, fuzilado, deportado, enforcado, trabalhos forçados na Sibéria?????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é perigoso irmão acontecer tudo isso,,temos que ir para outra orbita,visto que tudo esta grampiado,ajudar não, mas para prejudicar, junta-se um bando.

      Excluir
  4. Papuda: Visitas de políticos a presos não foram registradas
    O Sistema Penitenciário do Distrito Federal não registrou as visitas de políticos aos presos do mensalão, em Brasília, em relatórios enviados à Justiça aos quais a Folha teve acesso

    Nos últimos meses, diversos parlamentares –e até o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz– admitiram que estiveram no Complexo Penitenciário da Papuda, onde estão os condenados. ...

    Nas semanas após as prisões, caravanas de deputados e políticos do PT e aliados entraram e saíram da penitenciária em horários diferentes do determinado para visitações aos demais presos.

    O juiz da Vara de Execuções Penais, Bruno Ribeiro, havia determinado há mais de duas semanas que a Secretaria de Segurança Pública do DF enviasse, em até 48 horas, um relatório de todas as pessoas que visitaram os presos do mensalão, "especificando dia, hora e o respectivo registro administrativo" não importando se são autoridades públicas ou políticas.

    No entanto, o relatório, enviado em 7 de março, apresenta apenas os nomes de familiares e amigos que foram à Papuda. Os registros de alguns presos do mensalão mostram visitas em novembro, mas no caso do ex-ministro José Dirceu e do ex-tesoureiro Delúbio Soares, por exemplo, o documento registra a primeira visita apenas em dezembro. Eles estão presos desde 15 de novembro.

    O juiz também determinou que a Secretaria de Segurança do DF explicasse se houve a edição de um ato normativo regulamentando a visitação especial, o que seria uma "afronta" às determinações judiciais.

    Em resposta, a secretaria confirmou que as regras foram alteradas em janeiro para garantir o acesso de visitantes a "presos vulneráveis". A iniciativa teria partido de um caso que não está vinculado aos presos do mensalão: um pai que queria visitar o filho mas, por ter sido agente penitenciário, pedia para encontrá-lo em local afastado dos demais detentos.

    VISITAS FORA DE HORA

    De acordo com as regras do sistema penitenciário, as visitas aos presos só podem acontecer às quartas e às quintas-feiras. No entanto, o ex-ministro José Dirceu (PT) recebeu, oficialmente, duas visitas fora do dia normal em dezembro do ano passado.

    Em 5 de dezembro, a Justiça editou uma norma proibindo as visitas especiais aos presos do mensalão e determinou que eles seguissem as mesmas regras aplicadas a todos os outros detentos.

    Ainda assim, em 06 de dezembro, uma sexta-feira, a namorada de Dirceu esteve na Papuda às 14h. Na semana seguinte, uma das filhas do petista também foi à prisão visitá-lo em 10 de dezembro, uma terça-feira. A informação foi revelada hoje pelo jornal "Correio Braziliense".

    O operador do mensalão, Marcos Valério, preso em regime fechado na Papuda, também recebeu uma visita fora do dia normal. Em 17 de dezembro, uma terça-feira, ele encontrou com sua namorada na hora do almoço.

    A Folha não conseguiu contato com a Secretaria de Segurança na noite desta quinta-feira (13).
    Fonte: MATHEUS LEITÃO e MARIANA HAUBERT - Portal UOL - 14/03/2014 - - 15:36:30

    ResponderExcluir
  5. poliglota ainda nessa matéria eu li este comento do blog sim nós podemos e achei interessante;;;;;;;;

    COMENTO: As autoridades só sairão da zona de conforto quando alguém for vítima ou morrer; esse alguém pode ser um cidadão, uma criança, um idoso, até mesmo um nobre policial militar que mesmo desvalorizado está lá, cumprindo o seu ofício. A corporação tem um déficit muito grande de policiais; os novos que entram suprem apenas as vagas dos que saem por aposentadoria, nomeações e etc....todo ano e continua na mesma, ou seja sem efetivo; não basta os problemas de viaturas novas que não rodam por problemas burocráticos( as pajeros são exemplos disso, muitas paradas) assim como as velhas como as paratis que servem o batalhão escolar e precisam de uma manutenção como troca de pneus hiper carecas, já aparecendo inclusive os arames de segurança da borracha e que ainda sim o policial tem que se virar e trabalhar; e se acontecer algo com o policial( ou a guarnição) em decorrência disso????? perguntar não ofende! mas ás vezes é bom materializar os fatos, pois contra fatos não há argumentos. Acho que não custa nada cada um fazer a sua parte. Onde será o próximo incêndio de um pcs????

    obs: retirado do blog sim nós podemos!

    Cb sem expectativa de ser Sgt.

    ResponderExcluir

1 – Para comentar no Blog do Poliglota você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Serão eliminados do Blog tenpoliglota2012 os comentários que:
A - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
B - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
C - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
D - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.
E – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

3 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:
A - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:

1 – No Blog tenpoliglota2012, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor, com os devidos ajustes;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

Os comentários estão liberados, no entanto àqueles que afetarem diretamente a honra e a imagem de quaisquer pessoa, física ou jurídica, àqueles que atentarem contra o decoro da classe, a honra e o pundonor militar serão MODERADOS.
tenpoliglota2012@gmail.com